Sexta-Feira, 15 de Dezembro de 2017 - 13:00 (Geral)

L
LIVRE

INSTITUTO DE PESOS E MEDIDAS DE RONDÔNIA IMPLANTA SIMULADOR DE PISTA PARA INSPEÇÃO DE TAXÍMETROS

Com o novo equipamento tudo é registrado através de câmeras instaladas dentro e fora do veículo e o relatório para dizer se o taxímetro está correto ou não sai na mesma hora.


Imprimir página

Rondônia foi o primeiro estado a implantar um simulador de pista para verificação metrológica e inspeção de taxímetro. Esta semana o Instituto de Pesos e Medidas de Rondônia (Ipem) capacitou dez fiscais para operacionalização do equipamento que torna a partir de agora o serviço mais ágil, demorando em média 15 minutos, com realização de três ensaios no taxímetro, bandeira um, bandeira dois e a hora parada.

Com o novo equipamento tudo é registrado através de câmeras instaladas dentro e fora do veículo e o relatório para dizer se o taxímetro está correto ou não sai na mesma hora. Antes, o Ipem recebia os dados da Prefeitura dos valores definidos através de Decreto e elaborava uma planilha para fazer a verificação e o trabalho era realizado numa pista localizada no espaço alternativo. “A partir de agora todos os ensaios dos taxímetros são realizados aqui mesmo no pátio do Ipem”, explicou o diretor da Gerência de Tecnologia (Getec) do Ipem, Ronaldo Lessa.

Segundo ele, se a verificação for reprovada será emitida uma notificação para o taxista fazer o conserto do taxímetro e levar numa oficina autorizada pelo Ipem e depois disso, retornar ao órgão para uma nova verificação.

A instalação do equipamento e o treinamento foram feitos pelo técnico Marciel Santos. Ele disse que tecnologicamente o equipamento é o único no Brasil certificado. Um produto com uma inovação tecnológica muito grande e traz uma maior confiabilidade no processo de verificação e fiscalização do taxímetro. Com uma boa resolução, ele mede milimetricamente, tem uma precisão muito grande, e traz também segurança para o metrologista, com um procedimento todo controlado, com maior precisão e qualidade.

O presidente do Ipem, Edvaldo Soares, que estava acompanhando o treinamento dos fiscais, destacou a melhoria dos serviços oferecidos pelo órgão à sociedade. Ele falou da comodidade do atual serviço, que é realizado de maneira mais rápida, pratica, num ambiente confortável.

Segundo ele, a instalação do equipamento no Ipem é motivo de muito orgulho, antes o trabalho deslocava os servidores do órgão juntamente com os taxistas para uma pista que muitas vezes não estava desocupada para realização da verificação e sem falar que o trabalho demorava em torno de uma hora. “O taxista quando chegar ao Ipem ele vai ficar numa sala de espera com ar-condicionado enquanto o serviço é executado”, assegurou Edvaldo Soares.

Fonte: 012 - SECOM - GOV/RO

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias