Sabado, 09 de Dezembro de 2017 - 14:40 (Polícia)

14
Não recomendado para menores de 14 anos

CAIU DE NOVO: MOTORISTA COM SINTOMAS DE EMBRIAGUEZ É PRESA APÓS FUGIR DA POLÍCIA E DESTRUIR PAREDE DE COMÉRCIO

Os policiais confirmaram ainda, que a motorista havia sido presa no dia 15 de outubro deste ano, também por embriaguez na direção, onde o mesmo veículo HB20 causou acidente de trânsito no cruzamento da Rua Guabanara com Jaci-Paraná.


Imprimir página

Porto Velho, RO – Identificada como Pâmela C. de S. C., de idade não informada, foi presa na madrugada deste sábado (09), após ter protagonizado intensa perseguição pelas ruas da cidade. A prisão dela aconteceu na Rua Alexandre Guimarães, Bairro Nova Porto Velho.

De acordo com informações que constam em boletim de ocorrência, a guarnição realizava patrulhamento quando ao sair da Avenida Jorge Teixeira e entrar na Avenida Carlos Gomes, os policiais foram surpreendidos pelo veículo HB20 vindo na contramão, em alta velocidade e que só não houve colisão frontal devido a habilidade do motorista da viatura.

Imaginando tratar-se provavelmente de roubo ou sequestro, os policiais iniciaram acompanhamento ao veículo, dando várias ordens de parada a condutora do carro, porém, a mulher não obedeceu e empreendeu fuga por várias ruas. A motorista seguiu pela Carlos Gomes na contramão e, posteriormente transitou pela Pinheiro Machado, Rio Madeira, José Vieira Caúla, Sete de Setembro, Avenida Amazonas, Rua Raimundo Cantuário, até que ao tentar entrar na Rua Alexandre Guimarães perdeu o controle do automóvel e acabou destruindo parcialmente a parede de um comércio, vindo a invadir o local.

Várias guarnições chegaram ao local no apoio e foi observado que a motorista apresentava visíveis sintomas de embriaguez alcoólica, tais como: falante, arrogante, desordem nas vestes, olhos avermelhados, odor de álcool no hálito, agressividade, sonolência e com dificuldade em equilibrar-se. Ela foi convidada a realizar o teste do bafômetro, mas se recusou. A motorista apresentava alguns ferimentos pelo corpo e pediu uma ambulância, porém, quando os socorristas chegaram a mulher se recusou a receber atendimento. Ela recebeu voz de prisão e foi encaminhada para a central de polícia.

Foi constatado que o documento do carro estava atrasado, sendo o veículo removido para o pátio do Detran. Os policiais confirmaram ainda, que a motorista havia sido presa no dia 15 de outubro deste ano, também por embriaguez na direção, onde o mesmo veículo HB20 causou acidente de trânsito no cruzamento da Rua Guabanara com Jaci-Paraná.

Fonte: Anderson Nascimento - Newsrondonia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias