Segunda-Feira, 27 de Novembro de 2017 - 14:47 (Saude)

L
LIVRE

HOSPITAL DE CACOAL PROÍBE USO DE ADORNOS POR FUNCIONÁRIOS, PACIENTES E VISITANTES

Segundo o documento, ficam proibidos os usos de alianças, anéis, pulseiras, relógios, colares, brincos, broches e piercings expostos, bonés, chapéus e lenços.


Imprimir página

Foi publicada no Diário Oficial de Rondônia (DOE-RO/219) a Portaria nº 4/2017 que proíbe uso de adornos pelos profissionais de saúde, administrativos, terceirizados, acadêmicos, residentes, pacientes e até visitantes nas áreas de assistências do Complexo Hospitalar Regional de Cacoal (COHREC).

As normas que já estão em vigor naquela unidade, levam em consideração recomendações do Ministério da Saúde, do Código de Defesa do Consumidor, Código Civil Brasileiro, Código de Ética médica e de enfermagem e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

Segundo o documento, ficam proibidos os usos de alianças, anéis, pulseiras, relógios, colares, brincos, broches e piercings expostos, bonés, chapéus e lenços. Esta proibição estende-se a crachás pendurados com cordão e gravatas.

A fiscalização caberá aos chefes dos profissionais em suas respectivas áreas de atuação. Em caso de descumprimento pelo servidor ou empregado, deverá a chefia imediata orientá-lo de que a medida tem o caráter de prevenção e controle das infecções e segurança do paciente. Em caso de reincidência, serão aplicadas sanções administrativas, com base no Estatuto do Servidor Público de Rondônia e outras legislações que tratem do assunto. A portaria não diz ou cita o que acontecerá caso o descumprimento seja por visitantes e pacientes.  

Fonte: NewsRondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias