Segunda-Feira, 27 de Novembro de 2017 - 13:29 (Polícia)

L
LIVRE

DELEGADOS DA POLÍCIA CIVIL PARTICIPAM DO I WORKSHOP SOBRE INVESTIGAÇÃO CRIMINAL EM CACOAL

O Secretário de Estado, Cel. Lioberto Caetano, disse que a Polícia Civil apresenta bons resultados e que precisa fortalecer sua atuação na atividade fim.


Imprimir página

Cerca de 80 Delegados da Polícia Civil, participaram nos dias 23 e 24 de novembro, do I Workshop de Investigação Criminal. O evento promovido pela Direção-Geral da Polícia Civil, foi coordenado pelo Departamento de Polícia do Interior (DPI) e realizado no município de Cacoal. Participaram da solenidade de abertura o Secretário de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania (SESDEC), Cel. Lioberto Caetano, o Delegado-Geral da Polícia Civil, Eliseu Muller, a Prefeita do município de Cacoal, Glaucione Rodrigues, o Diretor do Departamento de Polícia do Interior (DPI), Arismar Araújo, demais autoridades, servidores e delegados da Polícia Civil.

O Secretário de Estado, Cel. Lioberto Caetano, disse que a Polícia Civil apresenta bons resultados e que precisa fortalecer sua atuação na atividade fim. "Na contramão dos índices de violência nacionais, Rondônia tem um ou dois índices que estão acima dos do ano passado. Precisamos trabalhar isso, para que todos os nossos índices melhorem. E é a atuação conjunta que vai fazer com que consigamos garantir esse enfrentamento e buscar melhores resultados. Todos precisam desempenhar a sua função com qualidade, transparência e efetividade", disse o Secretário.

Para o Delegado-Geral da Polícia Civil, Eliseu Muller, a realização deste encontro foi um marco para os policiais delegados, pois nunca foi realizado antes. "O objetivo deste evento, além de qualificar os profissionais da segurança pública, é promover a interação e integração entre as autoridades policiais, garantir a troca de experiência e estreitar a relação entre os mesmos possibilitando assim, a troca de informações e o aprimoramento do conhecimento em determinado segmento da investigação policial", afirmou Eliseu.

Arismar Araújo, Delegado da Polícia Civil, Diretor do Departamento de Polícia do Interior (DPI) e coordenador do evento, explica que o I Workshop de Investigação Criminal visa apresentar novas possibilidades de investigação para as autoridades policiais. "O encontro traz experiência de operações realizadas por delegados, metodologia de investigação, experiência com as redes sociais, tecnologia, perícia, entre outros temas que colaboram diretamente para elaboração de provas que fortalecem o inquérito policial", afirmou o Delegado.

A prefeita do município de Cacoal, Glaucione Rodrigues, revela que já conhece o programa de Governo Rondônia mais segura e esta disposta a colaborar para o fortalecimento deste projeto. "A Prefeitura é uma parceira da Polícia Civil, vamos trabalhar juntos para garantirmos uma segurança pública de qualidade, pois sabemos que vários fatores colaboram para a criminalidade, seja a falta de iluminação pública em uma Avenida ou falta de políticas publicas no segmento da cultura, esporte educação, por isso, vamos trabalhar em conjunto para proporcionar o melhor à população", comentou a Prefeita.

Durante a atividade, o Delegado da Polícia Civil e Gerente de Estratégia e Inteligência (GEI) da SESDEC, Lindomar Beserra, defendeu a importância do trabalho de inteligência e os resultados garantidos com esse modelo de trabalho; Júlio César, Delegado da Polícia Civil em Ouro Preto, apresentou as possibilidades de investigação sob as novas tecnologias, a exemplo das redes sociais; o Delegado Fábio Campos apresentou casos elucidados; o Policial Civil Lucinei Nunes, lotado do Departamento de Estratégia e Inteligência (DEI) da Polícia Civil, explicou sobre as possibilidades de investigação sobre o crime de lavagem de dinheiro; Júlio Kasper, Datiloscopista Policial e diretor do Instituto de Identificação Civil e Criminal, garantiu informações sobre os novos reagentes para a coleta de impressão digital e apresentou casos elucidados com a colaboração do datiloscopista; Também foram apresentados informações sobre coletas de material genético, entre outros temas.

O I Workshop de Investigação Criminal teve como finalidade discutir as inovações das provas técnicas e diretrizes institucionais para 2018. Ao final da atividade, os Delegados da Polícia Civil debateram sobre a realidade institucional e padronização, agradeceram a oportunidade e solicitaram mais ações com esse objetivo.

Fonte: 010 - pc ro

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias