Segunda-Feira, 27 de Novembro de 2017 - 09:13 (Política)

L
LIVRE

HEURO: ‘OBRA PARALISADA HÁ TRÊS ANOS. COMO É DURO VER UMA COISA DESTA’, CRITICA CONFÚCIO

Confúcio Moura (PMDB) mencionou que o fim de governo é um período difícil. A menção acontece há pouco menos de 13 meses para deixar o executivo de Rondônia.


Imprimir página

Durante conversa franca com os seus seguidores, no Blog do Confúcio, o governador do estado disse neste domingo (26) que o Brasil está à venda e bem barato. A fala foi acompanhada de uma simplória reflexão a qual justifica que as empresas de fora venham comprar parte do país e fazer girar o capital que por sua vez dará o crescimento necessário.

A menção acontece há pouco menos de 13 meses para deixar o executivo de Rondônia. “É a fase que se necessita muito mais dos técnicos, para o fechamento das contas e fazer todas as entregas prometidas ao povo. E ao mesmo tempo, ter quatro olhos bem abertos, para vigiar tudo”, escreveu.

O desgaste físico também entrou na berlinda dominical. Confúcio comentou que por mais duro que seja o político, o mandato possibilita um envelhecimento precoce. Muito raro de citar, Confúcio dessa vez dialogou sobre a situação do presidente e colega de partido, Michel Temer (PMDB).

“Basta ver as fotografias de um Presidente, Prefeito ou Governador. A rapidez do envelhecimento no mandato, mete medo. Obama não tinha cabelos brancos, no início, ao sair uma roça de algodão. Repare outros. O Temer com tantas flechadas no corpo, agora, se abalou de vez, está doente mesmo”, comentou.

Por fim, na conversa franca do governador blogueiro, a situação do Hospital de Emergência e Urgência de Rondônia (HEURO) também ganhou destaque. Na postagem, Confúcio criticou a burocracia que tem atrasado a inauguração da unidade hospitalar.

“HEURO – Hospital de Emergência e Urgência de Rondônia. É uma necessidade essencial. Obra paralisada há três anos. Como é duro ver uma coisa desta. Obra necessária. Obra paralisada. O povo precisando de um hospital novo. Modelo novo. E o João Paulo resiste como pode. Heroicamente.

A burocracia não tem sentimento, nem pena e nem dó. Burocracia não tem alma. Mal comparado com Moisés, eu quero falar com Deus e dizer pra Ele o que está acontecendo por aqui. Só por Deus”, finalizou.

Fonte: NewsRondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias