Quinta-Feira, 23 de Novembro de 2017 - 09:51 (Colaboradores)

L
LIVRE

CLIMA DE TERROR: COMPLEXO HABITACIONAL ORGULHO DO MADEIRA - POR CARLOS SPERANÇA

Passados dois anos, o conjunto sofre com graves problemas de segurança, onde a prostituição, o tráfico de drogas e os arrombamentos têm levado ao terror seus milhares de moradores.


Imprimir página

Inaugurado com pompa e circunstância, por autoridades municipais e estaduais, o Complexo Habitacional Orgulho do Madeira prometia aos mutuários de cerca de quatro mil apartamentos populares as melhores condições de moradia. Passados dois anos, o conjunto sofre com graves problemas de segurança, onde a prostituição, o tráfico de drogas e os arrombamentos têm levado ao terror seus milhares de moradores.

Também a inauguração do complexo do Cristal do Madeira deve seguir o mesmo caminho do “Orgulho”. Audiência pública no início do ano realizada pela Câmara Municipal de Porto Velho colocou em evidencia a situação dos conjuntos habitacionais na capital, de penúria.

Os moradores reclamaram aos vereadores do prometido pelas autoridades: creches, escolas e mais policiamento, cujos projetos até agora não saíram do papel.

Do lado da prefeitura existe o aceno de investimentos no conjunto para resolver os problemas, mas até agora não se sabe para quando. O fato é que a zona Leste que já era problemática, vê suas demandas crescendo sem que o poder público consiga acompanhar. E a comunidade constata as esferas municipais e estaduais omissas diante de tanto sofrimento.

Três grandes blocos seguem em formação para a disputa do governo do Estado no ano que vem. No Bloco 1, a candidatura chapa branca de Maurão de Carvalho, com o PMDB pilotando uma coalizão de pelo menos 6 partidos, entre eles o PT. No Bloco 2, a postulação do senador Acir Gurgacz, numa aliança liderada pelo PDT/PSB reunindo mais uma penca de legendas. No terceiro bloco vem a dupla Expedito Junior/Cassol, com a liderança do PP/PSD liderando a oposição.

Vejam a confirmação dos recordistas do Senado em investigações, conforme o site Congresso em Foco. No primeiro lugar, o senador Renan Calheiros (PMDB) com 12 investigações e uma ação penal 2-Valdir Raupp (PMDB) com 7 investigações e uma ação penal 3-Aécio Neves (PSDB) com 9 investigações e recordista de processos na Lava Jato. Até na construção das usinas de Santo Antônio e Jirau o pilantra tucano andou metido em propinas.

Pré-candidato do PMDB ao governo do Estado, o deputado estadual Maurão de Carvalho, presidente da Assembléia Legislativa já adotou o amarelo, a cor da sorte da campanha do governador Confúcio Moura que foi eleito e reeleito. Maurão “amarelou” para dar sorte, como foi constatado no encontro de segunda feira à noite na capital já usando uma vistosa camisa amarela. O partido começa a alinhavar as alianças para as eleições do ano que vem.

Desde terça-feira a BR esta em festa com os aniversários de implantação dos municípios de Ariquemes, Ji-Paraná, Cacoal, Pimenta Bueno e Vilhena, atualmente os principais pólos regionais do Estado. Foi em 1977 que o presidente Geisel assinou o decreto de fundação destas cidades. Todas elas foram distritos de Porto Velho até então e todas geraram filhotes em suas respectivas regiões, a partir da criação dos projetos de colonização do Incra.

Não é de hoje que o município de Machadinho do Oeste, um dos mais pujantes do Estado e um dos recordistas rondonienses de crescimento demográfico padece com a falta de energia elétrica. Nas últimas semanas a cidade mais uma vez foi sacrificada com a população penando até oito horas sem abastecimento de energia, o que causou graves prejuízos aos comerciantes e aos seus moradores. Urge a construção da Usina de Tabajara.

***O final do ano chegando e todo mundo de olho na reforma da Previdência que deverá ser votada ainda em dezembro ***Os prefeitos de Rondônia estão de olho gordo nas emendas parlamentares dos deputados estaduais e federais para o orçamento 2018 ***A Rússia voltou a proibir à importação das carnes suína e bovina do Brasil ***A medida e seus reflexos gerou grande preocupação aos pecuaristas rondonienses.

Fonte: Carlos Sperança - News Rondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias