Sexta-Feira, 17 de Novembro de 2017 - 10:07 (Saude)

L
LIVRE

QUALIDADE NA ATENÇÃO BÁSICA DE SAÚDE TORNA CACOAL MODELO NACIONAL

O relatório será entregue no próximo dia 28 ao secretário, que antecipadamente reconheceu a qualidade do atendimento em Saúde oferecido em Cacoal.


Imprimir página

Cacoal é apontado em relatório do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) como modelo a ser seguido em todo Brasil pelo trabalho que vem sendo feito na Atenção Básica de Saúde, com destaque para a UBS Edmur. A informação foi repassada na terça-feira (14) pelo secretário estadual de Saúde, Williames Pimentel, à prefeita Glaucione Rodrigues, que esteve na capital Porto Velho buscando recursos a serem investidos em Cacoal. O relatório será entregue no próximo dia 28 ao secretário, que antecipadamente reconheceu a qualidade do atendimento em Saúde oferecido em Cacoal.

Cacoal foi a única cidade de Rondônia escolhida para ter implantada a planificação de Saúde e os resultados obtidos levaram ao reconhecimento do Conass. Em todo país apenas 11 estados receberam a implantação do novo modelo de atenção básica, como explicou o  Secretário Executivo do Conass, Jurandir Frutuoso, que esteve em Cacoal ainda no mês de julho, durante a terceira oficina de capacitação. A primeira havia sido realizada em 24 e 25 de abril. Ao todo seis oficinas foram realizadas na capacitação dos profissionais da saúde de Cacoal. Durante o evento, Frutuoso falou sobre o “privilégio para o Cacoal em fazer parte dos municípios que passaram pelas oficinas de planificação, e que somente essa região no Estado terá as oficinas, devido à necessidade de atender o restante do país”.

O diretor do departamento de Atenção Básica, representando o Ministério da Saúde, Alan Nuno Alves de Souza, também esteve em Cacoal na terceira oficina e parabenizou pela iniciativa e coragem dos profissionais da Saúde em Cacoal e pelo protagonismo e pioneirismo em participar do fortalecimento da atenção básica, além de falar da importância da ação. “É importante que se tenha uma atenção básica forte, resolutiva, que resolva aquilo que o usuário, ao procurar o sistema único de saúde necessita, evitando o adoecimento, prevenindo para que as pessoas não tenham que procurar os pronto socorros, não tenham que ser internadas, não adoeçam e melhorem suas condições de vida”, disse.

De acordo com a coordenadora da descentralização da saúde estadual, Marta Duarte, exemplos de problemas graves que Rondônia ainda enfrenta devido à deficiência na atenção básica, está na mortalidade infantil e materna. Ela conta que a planificação reorganiza a atenção básica e evita que problemas simples se agravem, já que o tratamento será feito ainda na atenção básica, sem que seja necessário encaminhar pacientes para atenção secundária.

“Nos últimos cinco anos, Rondônia registrou 135 mortes de mães, que morreram durante a gestação, parto, ou pós-parto. Isso significa que houve falha durante o pré-natal, ou seja, a atenção básica falhou. Casos como infecções urinárias que deveriam ser tratadas na atenção básica, acabam se agravando e a paciente sendo encaminhada para a atenção secundária, a mãe tendo parto prematuro e o recém-nascido necessitando de UTI neonatal, o que onera todo o sistema. Com a planificação queremos evitar esse agravamento”, explicou Duarte.

No próximo dia 28 em Brasília o relatório do Conass que indica Cacoal como modelo a seguido na Atenção Básica de Saúde será entregue ao secretário Williames Pimentel, que enviou mensagem de vídeo aos servidores do posto Edmur, parabenizando pela união de equipe e pelo trabalho de qualidade que vem sendo oferecido à população.

Para a prefeita Glaucione, o apoio da secretaria de Estado tem sido fundamental para que a Saúde em Cacoal esteja conseguindo melhorar e o reconhecimento do Conass é motivo de orgulho. Conhecedora da área de Saúde, a prefeita parabenizou a equipe do posto Edmur e falou ainda que a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) tem buscando oferecer melhores serviços à população em todos os níveis de atendimento. O fortalecimento da Saúde Básica tem reflexos em todos os demais níveis, como avaliou a prefeita Glaucione, lembrando que há uma série de inaugurações de unidades básica de saúde em Cacoal ainda para 2017.

Fonte: 010 - assessoria

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias