CRIANÇAS TORTURADAS POR FUNCIONÁRIO PÚBLICO TIVERAM FRATURA NO CRÂNIO E DENTES QUEBRADOS

A esposa de Idair certa vez já tinha registrado boletim de ocorrência dando ênfase, que ele tinha beijado outras duas crianças menores de idade.
Quarta-Feira, 01 de Novembro de 2017 - 19:58

Rolim de Moura, RO - O caso das duas irmãs, de 5 e 7 anos, que foram encontradas despidas no domingo, (29) com queimaduras pelo corpo, chocou a população Rondoniense. Infelizmente, a mãe das crianças, Selma Alves que estava desaparecida, foi localizada asfixiada, na segunda (30).

O principal suspeito do crime é o funcionário público, Idair dos Reis Maria, de 44 anos, que era casado e mantinha um relacionamento extraconjugal com Selma. A Polícia chegou a realizar uma intensa busca para localizar Idair, mas na terça (31), o corpo dele foi encontrado nas proximidades da represa onde ele tinha ateado fogo e torturado as duas enteadas.

As crianças foram socorridas ao Hospital Regional de Cacoal e foram transferidas para a UTI do Hospital Cosme e Damião, na capital Rondoniense. Não há previsão de alta. 

As crianças disseram ao avô, "Ele (Idair) nos colocou no veículo e levou ao lugar bem distante até chegar na represa. Então começou as agressões violentamente". A criança de 5 anos teve os dentes quebrados. Já a mais velha sofreu fratura no crânio. Após a agressão, Idair trancou as crianças no veículo e ateou fogo.

A criança de 7 anos, ao perceber a situação, arrastou a irmã de 5 anos quase inconsciente para fora do veículo e se esconderam dentro da represa, onde foram encontradas somente pela manhã, despidas com queimaduras de segundo e terceiro grau, abdômen, braços e rostos.

A esposa de Idair certa vez já tinha registrado boletim de ocorrência dando ênfase, que ele tinha beijado outras duas crianças menores de idade. O caso ficou à cargo da Polícia Civil na época.

Fonte - Anderson Nascimento - Newsrondonia

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.