Terça-Feira, 27 de Dezembro de 2016 - 15:37 (Polícia)

18
Não recomendado para menores de 18 anos

SUSPEITO DE ROUBOS É EXECUTADO COM TIRO NA CABEÇA

Mediante os fatos a ocorrência nº 411/16, foi registrada na Delegacia de Repressão aos Crimes Contra a Vida, que já está investigando o caso.


Imprimir página

ARIQUEMES: Por volta das 19 horas de segunda-feira (26/12), a Central de Operações (C.O) do 7º BPM, foi informada através do número de emergência 190, que na Rua Liberdade, um homem tinha acabado de ser baleado.

De imediato os Policiais Militares: Vagner, Gilson e Ezequiel foram para o endereço indicado e localizaram a vítima Cleiton Diogo dos Santos, de 24 anos, caído ao solo. Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), através da Drª. Rebeca constatou que o indivíduo já estava sem vida.

O Perito Criminal Gutemberg realizou os trabalhos periciais e em seguida liberou o corpo para os exames de praxe no Instituto Médico Legal (IML). Populares contaram que a vítima estava pedalando a sua bicicleta de cor preta, quando dois indivíduos em uma motocicleta de cor escura se aproximaram e efetuaram um único disparo acertando a cabeça de Cleiton, na sequência os desconhecidos se evadiram do local tomando rumo ignorado, não sendo possível coletar maiores informações.

A bicicleta e os chinelos da vítima foram entregues para a mulher N.C. que se apresentou como sendo amásia de Cleiton. Todas as guarnições de serviço realizaram buscas na tentativa de encontrar os autores do disparo, mas nenhum suspeito foi localizado. Cleiton Diogo dos Santos possuía inúmeras passagens pela Polícia pela prática de vários delitos, inclusive roubos e tinha sido preso no último dia 20 de dezembro por um roubo cometido em uma loja na Avenida Jamari, quando foi encontrada uma mala contendo diversos aparelhos celulares que ainda estavam embalados.

Mediante os fatos a ocorrência nº 411/16, foi registrada na Delegacia de Repressão aos Crimes Contra a Vida, que já está investigando o caso.

Fonte: 010 - ariquemes190

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias