Quinta-Feira, 13 de Outubro de 2016 - 11:13 (Colaboradores)

L
LIVRE

WHATSAPP DO 'GOVERNO´, ELEIÇÕES NA CAPITAL, PORTARIA SESDEC” – POR LUIZ PAULO BATISTA

Passado alguns minutos, um dos administradores veio no particular para avisar que determinadas manifestações ou conteúdos contrários às ações do governo rondoniense não poderiam ser inseridas, pois grande parte dos participantes pertence a atual administração.


Imprimir página

Recentemente fui incluído num determinado grupo de whatsapp, desses que você não conhece quais são os participantes, mas acaba sendo inserido. Então, imediatamente saudei a todos e logo em seguida fiz questão de compartilhar a minha coluna semanal. Passado alguns minutos, um dos administradores veio no particular para avisar que determinadas manifestações ou conteúdos contrários às ações do governo rondoniense não poderiam ser inseridas, pois grande parte dos participantes pertence a atual administração.

Imediatamente

Disse que, não faço parte de grupos de whatsapp para ficar em silêncio e que, atualmente tenho relatado, por meio de dados estatísticos e imagens, sobre as péssimas condições que se encontra a Polícia Civil do Estado de Rondônia.

Também fiz questão de frisar para a administradora que, caso a minha permanência no grupo estivesse atrelada ao ficar calado com relação aquilo que tenho publicado, então sairia. Num passe de mágica fui removido.

Não tem problema

Continuarei trazendo à tona, por meio do site www.comjustica.com e da coluna Fatos & Opiniões, o caos que se encontra a PC-RO. Acredito que a problemática também deva ocorrer na PM e no sistema penitenciário estadual, porém como não tenho informações concretas não posso relatar.

Mas, fica aqui meu recado aos “defensores” de plantão, lembrem-se sempre da diferença de ser e estar. Não esqueçam também que segurança pública é primordial para a sociedade, assim como saúde, educação e moradia.

Eleições na capital

Em Porto Velho (RO), a exemplo de alguns municípios rondoniense, infelizmente, as discussões no âmbito da vida pessoal dos candidatos a prefeito cresceram assustadoramente e, aquilo que até então era privado passou a ser público, e o pior, sem o consentimento das partes. Considero o fato lamentável, pois palavras vão ao vento, mas aquilo que é escrito, em redes sociais e jornais eletrônicos, permanece no mundo por toda a eternidade. 

Posicionamentos

Diversos sobre esta exposição negativa e principalmente desautorizada são encontrados no Facebook. Há quem diga que a vida privada de determinado candidato deve ser trazida a tona para que a população saiba mais sobre seu passado e presente. Outros, mais ponderados, escrevem apenas que somente os fatos ligados à vida pública são relevantes para uma análise mais apurada.

Particularmente

Concordo com essa última corrente de pensamento, por entender que determinadas ações na vida privada não devam interferir na vida pública. E posso exemplificar: existem pessoas que não possuem um ótimo relacionamento familiar, porém no campo profissional tem liderança e sabe perfeitamente administrar inúmeras situações.

Portaria Sesdec

Lamentávela atitude tomada pela Secretaria de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania – Sesdec, quando da tentativa de editar uma portaria, comobjetivo de fixar dois expedientes de trabalho aos servidores pertencentes ao quadro da PC-RO. Felizmente o Sindicato conseguiu, por meio de uma liminar, impedir tamanha atrocidade. Digo isso porque, os policiais não conseguem exercer suas atividades num período, imagina em dois. Basta fazer uma visita ao DP mais próximo para constatar as péssimas condições do ambiente de trabalho.

Luiz Paulo Batista
Jornalista – DRT Nº 841/RO
Contato: comjustica1@gmail.com

Fonte: Luiz Paulo Batista

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias