Sexta-Feira, 01 de Julho de 2016 - 17:34 (Geral)

L
LIVRE

GOVERNO DEBATE AÇÕES PARA ESTIMULAR O DESENVOLVIMENTO NA REGIÃO AMAZÔNICA

Grupo de Trabalho instituído pelo Ministério da Integração Nacional busca ampliar investimentos dos Fundos Regionais.


Imprimir página

O diagnóstico de potencialidades regionais e o debate para aperfeiçoar o desempenho dos Fundos de desenvolvimento foram pautas de um encontro entre representantes do governo federal, do Banco da Amazônia e das Federações de Indústrias e da Agricultura dos nove estados amazônicos. Essa foi a primeira reunião do Grupo de Trabalho instituído pelo Ministério da Integração Nacional, com o objetivo de estimular o desenvolvimento da região Norte do país e foi realizada nesta sexta-feira (1º), em Belém (PA).

O ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, participou das discussões do Grupo que tem como objetivo final dinamizar atividades locais e construir condições econômicas para que cada região possa produzir mais a partir de incentivos que gerem emprego e renda. Ele destacou a importância de reunir num mesmo ambiente de debate todos os setores. “A partir dos pontos centrais identificados pelo Grupo, iremos pontuar os entraves e aperfeiçoar os Fundos de desenvolvimento de forma que o investidor possa acessar os recursos com mais eficiência”, frisou o ministro.

Entre os principais obstáculos apresentados pela classe empresarial estão as taxas de juros do Fundo Constitucional de Financiamento do Norte (FNO) e a necessidade de encurtamento dos prazos para aprovação dos projetos junto ao Banco. O Grupo de Trabalho também identificou a importância de avaliar procedimentos na emissão de licenças ambientais. Sobre este tema, a Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia já realizou esta semana uma reunião com secretários de Meio Ambiente dos nove estados.

Para o secretário de Fundos Regionais e Incentivos Fiscais do Ministério da Integração, Djalma Mello, o mais importante do encontro foi o diagnóstico conjunto desses entraves e o debate sobre possíveis soluções. “Criamos um novo canal de comunicação entre o governo e as entidades do setor empresarial”, destacou Mello.

A próxima reunião do Grupo de Trabalho está marcada para 11 de julho e vai novamente reunir equipes do Ministério da Integração Nacional e da Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia (Sudam), e representantes da Federação das Indústrias dos estados do Amazonas, Pará, Tocantins, Roraima, Mato Grosso e Maranhão; da Federação da Agricultura e Pecuária do Pará e da diretoria do Banco da Amazônia.

Fonte: assessoria

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias