Domingo, 12 de Junho de 2016 - 12:33 (Polícia)

L
LIVRE

POLÍCIA CIVIL DEFLAGRA OPERAÇÃO RESTOLHO EM ALVORADA DO OESTE, COSTA MARQUES E PRESIDENTE MÉDICI

Para reprimir o tráfico de drogas, no começo deste ano a Polícia Civil desenvolveu diligências que culminaram na identificação de um grupo criminoso neste tipo de crime.


Imprimir página

Nesta sexta-feira, 10.06, a Polícia Civil deflagrou a Operação Restolho, realizada nas cidades de Alvorada do Oeste, Presidente Médici e Costa Marques.

Coordenada pelo Delegado Regional de Polícia de São Miguel do Guaporé, Dr. Silvio Hiroshi Yamaguchi, a operação teve como objetivo combater o tráfico de drogas e apurar um crime de homicídio.

Para reprimir o tráfico de drogas, no começo deste ano a Polícia Civil desenvolveu diligências que culminaram na identificação de um grupo criminoso neste tipo de crime.

Segundo o apurado, o grupo costumava levar droga de Costa Marques para Alvorada do Oeste e realizava sua transformação da pasta base para “crack”, para em seguida vender aos usuários, bem como fornecendo entorpecente para pontos de tráfico da cidade e outra parte enviar para outros municípios.

Simultaneamente foram desenvolvidas diligências que obtiveram relevantes esclarecimentos e provas com relação ao homicídio de Gessel Gomes da Silva, de 38 anos, encontrado morto em 21.02, em Alvorada do Oeste.

Superada esta etapa investigativa, deflagrou-se a etapa ostensiva, mobilizando-se 60 policiais civis em 20 viaturas, para o cumprimento de 41 ordens judiciais, entre mandados de prisão e de busca e apreensão, sendo 28 relacionadas ao tráfico de drogas e 13 referentes ao homicídio.

Em Alvorada do Oeste, a ação ainda contou com apoio do Núcleo de Operações Aéreas (NOA) da Secretaria de Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec).

Foram recolhidas 10 pessoas com mandados de prisão, lavrando-se ainda três flagrantes (por tráfico de drogas, por posse ilegal de munição e contrabando de cigarros, este último encaminhado à Polícia Federal devido a natureza do fato).

Existe a possibilidade de outras prisões ocorrerem nos próximos dias.

Nome da operação

Restolho faz alusão à sobra ou resto de uma colheita de cereais. Neste caso, aplica-se em conseguir prender o que sobrou da Operação PC-27, deflagrada em 2013, quando as Polícias Civis em todo o país deflagraram uma operação simultânea.

Naquela ocasião, em Alvorada do Oeste foram cumpridos diversos mandados de prisão de traficantes os quais foram tirados de circulação. Alguns indivíduos, diante das prisões ocorridas na época, deixaram o município e pararam de vender drogas, voltando à atividade em 2015.

Fonte: ASCOM/PCRO

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias