Quinta-Feira, 03 de Março de 2016 - 09:58 (Saude)

L
LIVRE

PARA ALERTAR A POPULAÇÃO SOBRE O AUMENTO DE CÂNCER DE PELE EM RONDÔNIA, DEPUTADOS APROVAM O 'DEZEMBRO LARANJA'

Ao instituir tal mês, o Estado dedicará à realização de ações preventivas e à conscientização da população rondoniense, por meio de procedimentos informativos e educativos, para o diagnóstico da doença. A medida serve para estimular à visita periódica ao médico para realização de exames preventivos.


Imprimir página

Estimativas da Coordenação Estadual da Campanha Contra o Câncer de Pele apontam que 15,6% da população de Rondônia sejam acometidas pela doença. Enquanto isso, no Brasil, a média nacional é de apenas 10%. Fazendo cálculo, logo chegamos à conclusão de que a cada 6,5 pessoas, um indivíduo pode ser diagnosticado com a doença.  

Num país tropical, como o nosso, especificamente na região norte, a exposição demasiada ao sol não acontece apenas em momentos de lazer, mas também quando milhões de trabalhadores e trabalhadoras rurais são obrigados, pelas características de suas funções a enfrentarem os riscos de desenvolverem o câncer de pele.

Seguindo o modismo de usar cores para lembrar os meses do calendário e realizar campanha de conscientização, a Assembleia Legislativa de Rondônia (ALE-RO) aprovou, durante sessão, mais um Projeto de Lei (PL) N° 271/15, desta vez que institui o “Dezembro Laranja”.

O Projeto foi apresentado no ano passado pelo deputado Laerte Gomes (PEN), foi votado e aprovado recentemente em sessão da Casa de Leis. O Dezembro Laranja será dedicado às ações preventivas e diagnósticos precoce do câncer de pele.

Ao instituir tal mês, o Estado dedicará à realização de ações preventivas e à conscientização da população rondoniense, por meio de procedimentos informativos e educativos, para o diagnóstico da doença. A medida serve para estimular à visita periódica ao médico para realização de exames preventivos.

Como de praxe e seguindo a tendência dos grandes centros, durante o mês do natal, monumentos, prédios, residências, pontos turísticos e afins, serão iluminados. “No mês de dezembro de cada ano, os gestores públicos e privados, em cooperação com entidades civis e organizações profissionais e científicas, realizarão campanhas de esclarecimentos, exames e outras ações educativas e preventivas visando ao esclarecimento e incentivo à realização de exames preventivos para a detecção do câncer de pele”, diz trecho do Artigo 4° do PL.

O autor da matéria acredita que essa enfermidade é responsável pelo elevado número de mortes entre a população e implicando em grandes dispêndios aos cofres públicos, no que se refere aos custos para o seu tratamento.

“Especialistas do setor enfatizam que a estratégia mais eficaz de combate à doença é a prevenção, baseada em alertas sobre os riscos da exposição ao sol e a respeito dos meios que podem neutralizar esses riscos. De acordo com o Dr. Silmar Régis Camarini, Dermatologista e Coordenador Estadual da Campanha contra o Câncer de Pele, há uma incidência de 15,6% da população rondoniense com esse tipo de câncer. São dados alarmantes que precisam de atenção especial, principalmente por ser uma doença silenciosa e que leva à morte”, justificou Laerte.

O PL seguirá ao gabinete do médico e governador, Confúcio Moura (PMDB) para homologação ou sua rejeição. Se aprovado, Rondônia usará mais uma cor da paleta assim como faz com o “Outubro rosa”, “Novembro azul” e o recém instituído “Julho Amarelo”.

Fonte: NEWSRONDONIA

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias