Sabado, 10 de Outubro de 2015 - 09:58 (Polícia)

BRASIL REGISTROU UM ESTUPRO A CASA 11 MINUTOS EM 2014

Apesar de queda dos indicadores oficiais, especialistas estimam que números sejam mais altos


Imprimir página

Dados consolidados pelo FBSP (Fórum Brasileiro de Segurança Pública) e divulgados no 9° Anuário Brasileiro de Segurança Pública mostram que, em 2014, foram comunicados à polícia 47.643 casos de estupro no País. A média é de um registro a cada 11 minutos. Em relação ao ano anterior, a redução foi de 6,7%.

Porém, o FBSP estima que essa seja apenas uma pequena parcela do que realmente acontece. Samira Bueno, diretora-executiva do Fórum, explica o motivo.

— O crime de estupro é aquele que apresenta a maior taxa de subnotificação no mundo, então é difícil avaliar se houve de fato uma redução da incidência deste crime no País.

Nas estimativas do FBSP, em 2013, ocorreram entre 136,1 mil e 476,5 mil casos de estupro em todo o Brasil. Estudos internacionais apontam que apenas 35% das vítimas desse tipo de crime comunicam a polícia.

Uma pesquisa feita pelo Datafolha em 84 cidades com mais de 100 mil habitantes constatou que 67% das pessoas têm medo de ser vítima de agressão sexual. Desses, 90% são mulheres, principalmente, de baixa renda.

Os dados foram coletados juntos às polícias de todos os Estados. São Paulo lidera em número de registros, com 10.026 casos (21%). Mas já houve redução de 16,8% em relação a 2013.

Segundo Samira, analisando dados de outros países é possível crer que no Brasil poucas vítimas prestam queixa.

— A comparação com as taxas de países europeus, como a Suécia, onde a taxa de estupros é 150% superior à brasileira, sugerem que a subnotificação deste crime é realmente maior no Brasil.

Fonte: r7

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias