Quinta-Feira, 01 de Outubro de 2015 - 14:19 (Geral)

JESUÍNO BOABAID PARTICIPA DE REUNIÃO NA CASA CIVIL

Parlamentar afirma que não mudará sua postura em relação ao governo do Estado


Imprimir página

O deputado Jesuíno Boabaid (PTdoB) participou recentemente de uma reunião que começou tensa na Casa Civil. O parlamentar cobrou alterações na Lei de Promoções de policiais militares e bombeiros militares. Ele afirmou que erros e injustiças estão ocorrendo há muitos anos e que essa situação precisa ser resolvida o mais rápido possível.

Jesuíno explicou que os cabos de 1998 seriam todos 1º sargentos caso a lei tivesse sido respeitada, considerando o interstício de 10 anos. “Eles deveria ser cabos durante cinco anos e 3º sargentos durante mais cinco”, afirmou o parlamentar.

O secretário chefe da Casa Civil, Emerson Castro, disse reconhecer que a lei vigente é injusta com os policiais militares que trabalham nas ruas. “Quem está combatendo o crime tem menos direito do que quem exerce atividades administrativas? É injusto”, afirmou.

O secretário de Segurança, Antônio Carlos dos Reis, o comandante geral da Polícia Militar, coronel Nilson Gonçalves Kisner, e subcomandante geral dos Bombeiros, coronel Felipe Chianca, concordaram com Jesuíno e defenderam alterações no processo seletivo interno das corporações.

Jesuíno Boabaid disse que continuará defendendo a sociedade como um todo, mas tem dado atenção aos bombeiros e policiais militares, para ajudar a corrigir distorções nas duas corporações. Sobre sua postura na Assembleia Legislativa, o parlamentar assegurou que manterá a independência.

“Voto favorável a todo projeto do governo que beneficiar a população, porque não faço oposição irresponsável. Mas prosseguirei com as denúncias do que houver de irregular e continuarei chamando secretários do governo para dar explicações quando for necessário. Não vou mudar”, afirmou o parlamentar.

Fonte: Ale/ro - decom

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias