Quinta-Feira, 17 de Setembro de 2015 - 12:02 (Geral)

UNIR REALIZA AULA INAUGURAL DO CURSO DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO DO CAMPO

Na oportunidade, foram informados sobre o instrumento adotado para a coleta de informações que visa conhecer e pesquisar, durante o Tempo Comunidade, as ações positivas, situações problemas e alternativas que levem à identificação de prováveis temas geradores.


Imprimir página

Aconteceu na última segunda-feira à noite, dia 14 de setembro, a aula inaugural do curso de Licenciatura em Educação do Campo, noCampus de Rolim de Moura da Fundação Universidade Federal de Rondônia (UNIR). Com a presença dos acadêmicos do curso, de professores e técnicos da UNIR, trabalhadores do campo e da cidade, representantes de diversos movimentos sociais e sindicais e do poder público do Estado de Rondônia, o evento foi marcado por grandes celebrações para a comunidade acadêmica da região.

Em meio a músicas, poesia e literatura, os alunos expressaram a alegria, a conquista e as expectativas quanto à formação dos futuros educadores do campo. “A mística do evento preparada pelos acadêmicos do curso envolveu o público presente. As reflexões sobre a educação do campo e a questão agrária deram a tônica da aula, que também oportunizou que as vozes camponesas ecoassem contando suas histórias de vida e experiências educacionais e de trabalho no campo, configurando a aula como um espaço democrático de diálogo”, observou a professora doutora Flavine Assis de Miranda, chefe do Departamento de Educação do Campus de Rolim de Moura.

No dia seguinte, 15, dando continuidade à programação das atividades acadêmicas, os alunos assistiram a uma apresentação sobre a estrutura e o funcionamento da Universidade. Nesta atividade, os professores, recém-contratados para o curso, e os alunos discutiram as propostas pedagógicas das disciplinas oferecidas no primeiro semestre do curso.

O curso é ofertado em regime de alternância entre Tempo-Universidade, desenvolvido no Campus de Rolim de Moura, e Tempo-Comunidade, desenvolvido nas comunidades, nas escolas e espaços rurais específicos. Ainda na terça-feira, 15, como um dos princípios da Pedagogia da Alternância, aconteceram as discussões sobre os aspectos da auto-organização dos alunos, no que concerne às atividades da próxima etapa de Tempo Universidade. Um dos focos do curso, que também atende aos fundamentos de sua proposta pedagógica, é o Tema Gerador. Na oportunidade, foram informados sobre o instrumento adotado para a coleta de informações que visa conhecer e pesquisar, durante o Tempo Comunidade, as ações positivas, situações problemas e alternativas que levem à identificação de prováveis temas geradores.

À noite, a mesa-redonda sobre “Educação do Campo e a Questão Agrária em Rondônia”, que contou com os representantes dos movimentos sociais e sindicais do campo e de professores da Universidade, encerrou as atividades da programação. Para a professora Flavine Assis de Miranda, a atividade inaugural do curso foi uma experiência importantíssima para os alunos. “Os acadêmicos do curso de Licenciatura em Educação do Campo regressaram às suas comunidades de origem com uma bagagem rica em expectativas e possibilidades e com a certeza de fazerem parte de uma universidade que a cada dia universaliza seu acesso”, concluiu.

Fonte: Ascom Unir

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias