Sexta-Feira, 04 de Setembro de 2015 - 08:30 (Geral)

REPRESENTANTE DA OCIMAR TRANSPORTES FALA EM 'TARIFA DEFASADA'

Representante da Ocimar Transportes fala em “tarifa defasada”; aumento da passagem de ônibus é questão em Porto Velho


Imprimir página

Porto Velho, RO - O prefeito Mauro Nazif (PSB) continua falando em entrevistas que não irá autorizar o aumento das tarifas dos coletivos do transporte coletivo, mas a julgar pelo que disse o procurador da Ocimar Transportes durante a Assembleia Geral dos trabalhadores do transporte, o aumento do preço da passagem é apenas questão de tempo. Atualmente, a tarifa é cobrada em Porto Velho ao preço de R$ 2,60, mas já existe uma planilha entregue pelos ex-concessionários do setor que pedia a majoração da passagem para R$ 3,20.

Um vídeo gravado na assembleia geral demonstra que há muita diferença entre o que diz a propaganda oficial e o setor privado que vai assumir o setor do transporte público da capital. No vídeo, o procurador diz o seguinte: “A atual tarifa de R$ 2,60 não é interessante e esta defasada e não tem como pensar em aumentar salário e que se pode começar a pensar e a brigar quando a empresa começar a operar na capital”. Mais direto do que isso somente quando o Decreto autorizando o aumento for publicado pela Prefeitura.

Segundo o vereador Márcio Pacele (PSB), que é funcionário do transporte público municipal há 25 anos, a Ocimar Transportes nem assumiu o controle do setor e já pensa em aumento. “Isso demonstra que a empresa não está preocupado com a questão dos direitos dos trabalhadores e está vindo aqui somente para lucrar. Lamentável”, disse.

Márcio, que é da Comissão de Transportes da Câmara Municipal, disse ainda que participou de uma audiência no Ministério Público do Trabalho e novamente ficou indefinido aos avisos e rescisões trabalhistas dos servidores do transporte coletivo. “A Prefeitura disse que a situação dos trabalhadores está resolvida, mas na realidade, a história é outra”, comentou.

Fonte: Marcos Santana

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias