Quarta-Feira, 19 de Agosto de 2015 - 11:02 (Colaboradores)

LENHA NA FOGUEIRA: RORAIMA

Roraima venceu Campeonato Brasileiro de Quadrilhas Juninas. O título foi conquistado domingo passado dia 9, pela quadrilha “Eita Junino”, durante o último dia do festival, em Brasília (DF).


Imprimir página

O material que você vai ler abaixo, com certeza vai deixar os quadrilheiros e as quadrilheiras de Porto Velho, com a maior “inveja”.


Quem sabe até deixe alguém do governo estadual e do governo municipal arrependido por não dar o apoio devido aos nossos grupos folclóricos, em especial, aos grupos de dança de quadrilha.


É só prestar atenção no quanto é positivo para o estado como um todo, o apoio do governo para que nossos artistas participem de eventos nacionais.


Veja também o quanto o governo está deixando de ganhar. Pois, como muito bem disse o deputado Cleiton Roque na Audiência Pública que aconteceu recentemente sobre Cultura na ALE. “Cultura é Investimento e não despesa”. A publicidade que o governo do estado de Roraima conseguiu praticamente de graça ao apoiar a participação de um Grupo de Quadrilha no Festival Nacional que aconteceu em Brasília.


Veja a matéria que foi divulgada no site do Ministério da Cultura e repercutida pela imprensa nacional.


Melhor quadrilha Junina do Brasil é de Roraima.


Roraima venceu Campeonato Brasileiro de Quadrilhas Juninas. O título foi conquistado domingo passado dia 9, pela quadrilha “Eita Junino”, durante o último dia do festival, em Brasília (DF).


Além de melhor quadrilha junina do Brasil 2015, o grupo folclórico, que na primeira edição do Arraial Macuxi, abordou o tema “O Cangaço dos Meus Sonhos” e resgatou a cultura nordestina com traços, coreografias, figurino e enredo, trouxe também para o estado, o título de melhor casal de noivos e melhor animador.


Participaram do Festival, cerca de 20 grupos das regiões Norte, Sudeste e Centro-Oeste.


A Eita Junino chegou na tarde de segunda-feira, dia 10, a Boa Vista, junto com o secretário estadual de Cultura, Marcos Jorge, e o diretor do Departamento de Promoção Cultural da Secult (Secretaria Estadual de Cultura), Mario Moura, que acompanharam toda a disputa, representando o GOVERNO DO ESTADO, APOIADOR DA QUADRILHA.


A governadora Suely Campos disse estar orgulhosa por ter acreditado e participado desta conquista e vê com grande satisfação o resultado alcançado com esse apoio empenhado pelo Governo do Estado.“Valorizar e incentivar a cultura da nossa terra sempre foi uma das minhas grandes paixões. Parabéns aos quadrilheiros e quadrilheiras que mostraram a beleza, a garra e a criatividade roraimense e conquistaram o título de campeões! Parabéns também ao casal de noivos e ao animador, pelos títulos individuais. Vocês são um grande orgulho para o nosso estado”, declarou a governadora.


O animador da Eita Junino, Sandro Baré, destacou que o resultado foi conquistado com um trabalho intenso, que envolveu integrantes da quadrilha, os familiares do grupo, amigos e apoiadores, e classificou o momento para toda a quadrilha, emocionante.


“Foi um evento muito organizado e um concurso de quadrilhas difícil, bastante concorrido. É com muita alegria que retornamos ao nosso estado trazendo esse título. A emoção nesse momento toma conta de todos nós. Ficamos satisfeitos também com a participação do Governo de Roraima e o empenho de toda a equipe da Secult para que pudéssemos participar dessa disputa e conquistar este resultado”, disse.


Enquanto isso em Rondônia o governo acha que disponibilizando apenas a iluminação, sonorização e as arquibancadas para o Flor do Maracujá está realmente valorizando a nossa cultura popular.


Rondônia não se fez representar no Festival Nacional pela falta de apoio do órgão responsável pela cultura no estado. Chupa essa Severino! 

Fonte: Zé Katraca

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias