Segunda-Feira, 06 de Julho de 2015 - 10:18 (Saude)

MAU HÁLITO TEM SOLUÇÃO (E NÃO É BALA DE MENTA)

Beijar com um hálito saudável é um ato de carinho e amor!


Imprimir página

Sabe qual é a boa notícia dessa segunda-feira? Hoje é comemorado o Dia do Beijo e o blog Saúde sem Neura vai dar algumas dicas para você beijar sem receio de estar com aquele bafo de onça. E vamos ser sinceros, beijar alguém que tem mau hálito é dureza. Mas, calma! Bafo tem solução e não é recorrer ao chiclete ou bala de menta.

Cerca de 30% dos brasileiros têm mau hálito e, em 90% dos casos, esse odor desagradável é decorrente de falta de higiene bucal. Isso significa que pode ser reflexo de gengivite, periodontite, saburra lingual e até cárie. Se você apostava que o cheiro era resultado de problemas no estômago, estava enganado! Segundo os dentistas, os distúrbios gastrointestinais ocupam um dos últimos lugares no ranking das cerca de 60 causas da halitose.

Além disso, o bafo também pode ser resultado de jejum prolongado, tabagismo, consumo excessivo de bebidas alcoólicas, envelhecimento, regime de restrição alimentar, uso de antidepressivos e até longos papos — situações que diminuem a produção de saliva, considerada o detergente natural da boca.

Ufa! Então, mau hálito não é doença e tem jeito. O primeiro passo para extinguir o odor de uma vez por todas é simples: escovação adequada (inclusive da língua), fio dental e enxaguatório bucal, de preferência sem álcool, para quem quiser um hálito refrescante. De qualquer forma, quero reforçar que o antisséptico não substitui a escova de dente, ok?

Além disso, é importante visitar o dentista a cada seis meses, não apenas quando você tem dor de dente. Minha melhor amiga é dentista e não me deixa escapar das consultas de rotina, né dra. Ludmila Koch?

Beijar com um hálito saudável é um ato de carinho e amor!

Fonte: r7

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias