Sexta-Feira, 05 de Junho de 2015 - 10:10 (Saude)

MULHER TEM METADE DO ROSTO CORTADO PARA TENTAR CONTROLAR DOENÇA RARA

Luise passou a maior parte da vida sem conseguir perceber a doença. Ela nasceu com um pequeno sinal no rosto, que desapareceu quando ainda era criança.


Imprimir página

Luise Brent, de 58 anos, precisou remover metade de seu rosto por causa de uma má-formação nas veias arteriais da face. As informações são do site Daily Mail.

— Eu nunca vou olhar para minha cara e achar porque foram muitas cirurgias e danos que aconteceram. Só quero salvar minha vida. A doença de Luise causa dor, queda de pele, superexpansão do tecido e até parada cardíaca.

A mulher descobriu a doença aos 45 anos de idade ao sentir sua bochecha latejar.

O médico responsável pela mulher informou que a doença de Luise "era mais difícil de controlar do que câncer porque, se deixar qualquer rastro do problema, simplesmente começa a crescer novamente".

Apesar das cirurgias pelas quais passou, Luise ainda sente dores e precisa angariar cerca de 25 mil libras (cerca de R$ 110 mil) para fazer mais uma operação.

— Na minha última cirurgia, o médico praticamente cortou um lado do meu rosto fora.

Luise passou a maior parte da vida sem conseguir perceber a doença. Ela nasceu com um pequeno sinal no rosto, que desapareceu quando ainda era criança.

Fonte: R7

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias