Quarta-Feira, 18 de Maio de 2022 - 15:03 (Eventos)

L
LIVRE

CINEMA - Vem para o BEIRA Festival de Cinema de Porto Velho

O encontro de abertura será hoje, às 19h (horário de Porto Velho), com transmissão ao vivo no canal YouTube do Beira.


Imprimir página

Autor - Assessoria

A partir da meia-noite de 19 de maio, até a próxima segunda-feira, 23, 46 filmes distribuídos em seis mostras temáticas elaboradas por uma equipe de curadores composta por pesquisadores de cinema e cineastas brasileiros, estarão disponíveis no Beira Festival de Cinema de Porto Velho para assistir de onde quiser e em qual horário quiser, de forma gratuita e online, no www.beirafestivaldecinema.com através da plataforma de filmes online Embaúba Play.

Além da exibição de filmes, a programação gratuita desta 1ª edição do BEIRA contempla também debates, conferências, MasterClass e mesas de conversa que acontecem em transmissão ao vivo ou pré-gravada no site e no canal do YouTube do Festival.

E a celebração do audiovisual brasileiro no “Beira” começa com a sessão de abertura “Homenagem a Pilar de Zayas Bernanos e Lídio Sohn: videastas em ação no Vale do Jamary”, um convite para (re)conhecer o deslumbre e contundência das imagens e sons compondo dois trabalhos cruciais da obra do casal de videastas: Povo da Ribeira (1989) e Os requeiros (1998).

O encontro será transmitido hoje, a partir das 19h (horário de Rondônia), pelo canal do Youtube do Festival com a participação especial de Pilar de Zayas, Odyr Sohn e Naíra Sohn e mediado por Juliano Araújo, doutor em Multimeios pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) com estágio de doutorado na Universidade de Paris-10, professor do Departamento de Comunicação da Universidade Federal de Rondônia (Unir)e curador do “Beira”, e Naara Fontinele, doutora em Cinema e Audiovisual pela Sorbonne Nouvelle e em Comunicação Social pela UFMG (cotutela), curadora, co-fundadora e diretora Artística do Beira Festival de Cinema de Porto Velho.

O Festival

Com a proposta de ser um novo encontro dedicado ao cinema brasileiro em suas diversas frentes de criação – dos cinemas documentário ao experimental, do filme artesanal caseiro à ficção inventiva, passando pela vídeo-arte, o BEIRA traz seis mostras temáticas que buscam explorar o cinema brasileiro contemporâneo a partir de um olhar posicionado, trazendo tanto filmes realizados em terras rondonienses quanto obras que se criaram longe dessas águas, mas que produzem imagens e pensamentos em confluência com as vidas e as lutas rondonienses.

“A dimensão pedagógica da vivência com o cinema é algo muito importante para nós e estamos trabalhando para fazer desse festival um encontro de cinema agente de formação crítica e catalisador de articulações duradouras com a comunidade. Nosso objetivo é promover reflexão com o cinema e, aos poucos, contribuir com a inserção do cinema em processos educativos e com a qualificação da produção audiovisual em Rondônia.”, enfatiza Angélica Menezes, co-fundadora do Beira Festival de Cinema de Porto Velho.

“Os festivais, como o cinema, podem ser um território fértil de encontro com diferentes pensamentos e mundos e os 46 filmes exibidos no BEIRA são obras que desorganizam, experimentam, encantam, provocam pensamentos e transformam o cinema, tornando-se uma possibilidade para o público rondoniense reconhecer e beirar outros cinemas, aproximando-se de filmes diferentes daqueles normatizados ao qual temos acesso em centros comerciais”, acrescenta Naara Fontenele, co-fundadora do Beira Festival de Cinema de Porto Velho.

Para acessar a programação completa das atividades e informações sobre os 46 filmes exibidos nesta 1ª edição, acompanhe o BEIRA no Facebook, no Instagram (@beirafestival) e pelo site www.beirafestivaldecinema.com.

O BEIRA é uma realização da produtora Jiquitaia Filmes, organizado com recursos da lei emergencial Aldir Blanc. Todas as ações têm acesso gratuito.

Fonte: 20 - Assessoria

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias