Sexta-Feira, 11 de Fevereiro de 2022 - 17:10 (Direito do Consumidor)

L
LIVRE

Modernização e dinamização do trabalho fazem parte da nova estrutura do Procon em Rondônia

Com o apoio do Governo de Rondônia, o Procon tem feito modernizações em sua estrutura física, para garantir à população o acesso facilitado e rápido nos atendimentos que necessitam.


Imprimir página

Desde o início da nova gestão em 2020, o Programa de Orientação, Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) implantou um processo de modernização em suas ações pelo Estado de Rondônia. Uma nova rotina de processos administrativos e de fiscalizações foi adotada, para dar maior agilidade e dinamismo ao trabalho dos servidores da entidade.

Com o apoio do Governo de Rondônia, o Procon tem feito modernizações em sua estrutura física, para garantir à população o acesso facilitado e rápido nos atendimentos que necessitam. A aquisição de equipamentos eletrônicos para atuação em fiscalizações e nos locais de atendimento vai gerar mais rapidez no fluxo de demandas.

O coordenador estadual do Procon Rondônia, Ihgor Rego, explica sobre todo o processo de mudança, com a modernização que tem sido promovida desde 2020 em suas instalações. “Quando veio a pandemia, implementamos uma rotina de digitalização de processos administrativos, com todos sendo hospedados hoje na nuvem, de modo que eliminamos 98% dos gastos com papel, capas de processo, toners e impressoras. Isso dinamizou o nosso trabalho, inclusive, dando maior fluidez a rotina dos servidores dentro do órgão”.

Ihgor Rego relata que com os atendimentos restritos ao público, sentiu a necessidade de tornar os processos eletrônicos, pois antes, o trabalho era feito apenas com materiais físicos. “A demanda era massiva, que exigia a compra de folhas A4, pastas, impressoras, toners, sem contar as despesas com o envio de correspondências”.

“Hoje, todas as bancadas de atendimento do Procon do Estado de Rondônia possuem equipamentos novos de digitalização de documentos, como scaners, que foram adquiridos recentemente com os demais materiais para melhoria no atendimento ao público”, declara o coordenador estadual do Procon.

NOTIFICAÇÕES
Atualmente, a maioria das notificações enviadas pelo Procon são enviadas por correio eletrônico. Com a nova gestão, houve diminuição dos custos em 10 vezes o valor mensal com o envio de correspondências, otimizando os serviços e diminuindo os gastos para manutenção dos serviços, que parte destes, ainda são enviados via Correios.

“Todas as notificações, em sua imensa maioria, são enviadas por correio eletrônico, sendo uma parte enviada via Correios, em que conseguimos diminuir em 10 vezes o valor mensal, otimizando os serviços e diminuindo os custos para manutenção destes serviços”, declara o coordenador estadual do Procon Rondônia.

FISCALIZAÇÃO

Para dar agilidade durante as fiscalizações de rotina pelo comércio, o Procon adquiriu equipamentos e materiais eletrônicos, como computadores, tablets, impressoras portáteis e scanners, para que as equipes possam fazer as autuações, sem a necessidade de preencher formulário em papel.

O coordenador do Procon Rondônia explica que como parte da mudança, os servidores também estão passando por capacitação para se adaptarem ao meio digital, para que a fiscalização seja feita de forma ágil e os registros feitos pelo sistema eletrônico.

O Procon não havia realizado ações de fiscalização e aplicação de multas até março de 2020, sendo algo inédito na gestão do governador Marcos Rocha em Rondônia. “Estamos fazendo uma rotina de acompanhamento no comércio, para garantir o direito do consumidor”, salienta Ihgor Rego.

Com a atuação direta do Procon pelo comércio rondoniense, Ihgor Rego ressalta que os munícipes da Capital e do interior podem ver o órgão em ação de fiscalização pelo comércio, “lavrando auto para empresas que estiverem atuando de forma irregular e certificando o bom comportamento das empresas que atuam legalmente”, finaliza.

Fonte: 010 - SECOM - GOV/RO

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias