Sabado, 18 de Dezembro de 2021 - 16:09 (Turismo)

L
LIVRE

TURISMO: Ações desenvolvidas têm fortalecido o turismo para o avanço no desenvolvimento em Rondônia

Museu Memorial Rondon recebeu diversas obras em 2021, que fomentaram visitas ao local


Imprimir página

Por João Antônio Alves
Fotos: Nilson Santos, Frank Nery e Daiane Mendonça

O ano de 2021 foi de muitos desafios para o Governo de Rondônia, principalmente em relação à pandêmica do coronavírus. Porém, mesmo com as medidas sanitárias e as restrições referentes ao isolamento social, o setor do Turismo obteve avanços, que podem ser atribuídos aos programas executados pela Superintendência Estadual de Turismo (Setur), como o “Viaja Mais Servidor”, o “Famtour”, entre outros. Programas que além de desenvolver, fortaleceram o setor turístico do Estado.

“Apesar dessas adversidades, damos destaque ao planejamento estratégico que foi executado para o desenvolvimento do turismo. Foi por meio desse plano que conseguimos alcançar a população. 2021 foi um ano de mudanças, planejamento e governança”, pontua o superintendente da Setur, Gilvan Pereira.

TURISMO MUNICIPAL

Para fomentar o turismo receptivo, sem a necessidade do viajante sair de Rondônia para outros estados, e para ter resultados expressivos, a Setur lançou o programa “Viva Rondônia”, que incentiva os municípios quanto ao desenvolvimento do turismo, por meio de diretrizes ordenadas e padronizadas.

O “Viva Rondônia” foi baseado nos dez eixos temáticos do desenvolvimento do turismo do Estado: governança, capacitação, empreendedorismo, infraestrutura, criação de fluxo educativo, eventos, promoção, fortalecimento dos produtos, cadastros e estatística.

VIAJA MAIS SERVIDOR

Para a retomada do Turismo, no pós-pandemia, o programa “Viaja Mais Servidor” foi potencializado. Uma estratégia que faz parte do Plano de Retomada ao Turismo pós-pandemia e fornece diversos benefícios como: a valorização dos servidores, a movimentação da economia estadual, o crescimento do trade turístico, por meio de descontos em bares, hotéis, agências de viagens, restaurantes, agências de transportes; que podem garantir o fluxo de turistas e a taxa de ocupação de hotéis e pousadas.


Influenciadores digitais visitam pontos turísticos em Rondônia

Para acompanhar o ritmo dessa grande demanda, a plataforma Rondônia Tem Tudo ajuda o servidor com informações de descontos, empresas parceiras e roteiro de viagens no Estado.

FAMTOUR

A criação de conteúdo dos atrativos turísticos de Rondônia levou o turismo regional a outro patamar, quando a Setur adotou o “Famtour”, projeto do Ministério do Turismo (MTur), onde o setor é  impulsionado pelo público jovem que está sempre muito bem conectado, composto por influenciadores digitais (Influencer digital) .

A 2ª edição, Polo Madeira-Mamoré, aconteceu em julho de 2021. O roteiro foi em Candeias do Jamari e Porto Velho. Já a 3ª edição, entre os dias 30 de agosto a 3 de setembro, aconteceu na região do Vale do Jamari, envolvendo Ariquemes, Machadinho do Oeste e Campo Novo.

INFRAESTRUTURA E CAPACITAÇÃO

A Setur ainda trabalhou na estruturação e entrega de infraestrutura. Placas de sinalização turística foram algumas das ações em 2021. Locais como o Memorial Rondon, em Porto Velho, passaram obras, que fomentaram as visitas ao museu.

A capacitação para equipes municipais também têm sido algumas das preocupações da Setur. Foram realizados treinamentos com ajuda de turismólogos e técnicos da Superintendência.

ETNOTURISMO

Locais, gastronomia típica, história e cultura. O turismo como um todo diz muito sobre uma região. As raízes históricas, muitas vezes esquecidas, podem ser resgatadas.


Superintendente da Setur na comunidade indígena Paiter Suruí para conhecer projetos

Com o objetivo de desenvolver um planejamento estratégico para o fluxo turístico nas comunidades indígenas e destacar a identidade de Rondônia, a Setur tem visitado aldeias em Cacoal para aproximar e gerar desenvolvimento do etnoturismo.

A receptividade turística já acontece como uma iniciativa da própria Comunidade Paiter Surui em parceria com a Associação de Defesa Etnoambiental (Kanindé), e a Associação Metareilá do Povo Indígena Paiter Suruí.

INCENTIVO AO TURISMO

Se a pandemia trouxe desafios para empresas e empreendimentos, no Turismo não foi diferente, uma vez que os dois setores caminham juntos. Mas boa parte da recuperação e investimento do Turismo em Rondônia se deve à visita do ministro do Turismo, Gilson Machado Neto ao Estado.


Ministério do Turismo repassou mais de R$ 1 bi para investir no setor em Rondônia

No dia 2 de julho de 2021, Rondônia recebeu incentivo do Governo Federal com o repasse de R$ 1,2 bilhão para o setor. O montante foi repassado durante a abertura do I Wokshop “Supera Turismo”, pela Caixa Econômica Federal (CEF). O dinheiro foi destinado à concessão de empréstimos por meio do Fundo Geral de Turismo (Fungetur), que é uma linha de crédito de capital de giro, destinada às empresas do setor.

O MTur transferiu os valores com vista a apoiar a recuperação do turismo na região, comprometido pela pandemia do coronavírus.

O workshop Supera Turismo reuniu empresários do setor em uma rodada de negócios para apresentação das linhas de crédito disponibilizadas pelo Fungetur e do Programa de Apoio às Micros e Pequenas Empresas e Empreendedores de Pequenos Negócios do Estado de Rondônia (Proampe), visando o fortalecimento econômico e turístico do Estado.

LEI ESTADUAL DE TURISMO

Aprovado pelo Poder Legislativo no dia 17 de agosto, a Lei n° 5.093 que institui a política estadual de turismo em Rondônia, contém todas as ações e diretrizes para impulsionar o setor turístico a curto, médio e longo prazos. A normativa foi sancionada pelo Governo de Rondônia no dia 24 de agosto de 2021.

Uma lei de políticas públicas e estratégica, com o objetivo de definir áreas estratégicas, programas e ações, com vistas a orientar o Estado para a implementação da Política Estadual de Turismo e ao desenvolvimento do setor.

O Portal estará diariamente publicando a retrospectiva 2021 das ações desenvolvidas pelas demais Secretarias e órgãos do Governo.

Fonte: secom/gov-ro

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias