Sexta-Feira, 24 de Setembro de 2021 - 09:11 (Polícia)

18
Não recomendado para menores de 18 anos

IDENTIFICADO: Criminoso baleado não resiste e morre no João Paulo II

O criminoso preso foi encaminhado a Delegacia Especializada em Crimes Contra o Patrimônio que investiga o furto das armas de transportadoras.


Imprimir página

Renan Simão  Silva  de Oliveira de 22 anos, morreu na noite desta quinta-feira (23), após junto com mais dois comparsas trocarem tiros com policiais da Força Tática do 5° batalhão na Rua Renato Perez, bairro Agenor de Carvalho em Porto Velho. O foragido Breno Vinícius N. S. 21,  foi preso na ação.

De acordo com informações obtidas junto aos policiais, a guarnição da Força Tática se deparou com o veículo modelo Onix de cor branca dos criminosos no.cruzamento das Avenidas Rio Madeira com Rio de Janeiro, onde perceberam que um dos ocupantes usava colete balístico, e tentaram fazer a abordagem dando ordem de parada.

No entanto, o bando empreendeu fuga dando início a uma intensa perseguição. Já no bairro Agenor de Carvalho os suspeitos passaram a atirar contra os policiais que revidaram a injusta agressão.

Na Rua Renato Perez o trio abandonou o veículo e Renan invadiu a residência de um idoso de 80 anos, onde o fez de refém junto com outros familiares.

Renan ao tentar fugir e ainda trocar tiros com os militares acabou sendo alvejado, em seguida foi socorrido ao Hospital João Paulo II, mas não resistiu e foi a óbito. Com ele foi apreendida uma pistola Glock calibre 9mm recentemente furtada de uma transportadora na capital.

Breno que havia se escondido em um casa de familiares foi preso, e com ele 43 porções de cocaína, balança de precisão e apetrechos para embalar drogas. Dentro do veículo foram encontrados dois carregadores de pistola e colete balístico.

O criminoso preso foi encaminhado a Delegacia Especializada em Crimes Contra o Patrimônio que investiga o furto das armas de transportadoras. O terceiro suspeito conseguiu fugir pulando muros das residências.

Fonte: Newsrondonia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias