Segunda-Feira, 20 de Setembro de 2021 - 15:59 (Política)

L
LIVRE

JAQUELINE CASSOL: Pacientes voltam a enxergar em mutirão de cirurgias de catarata

Próximos a serem atendidos serão os pacientes que necessitam de cirurgias de pterígio.


Imprimir página

Foram concluídas no sábado,18, as cirurgias de catarata nos pacientes contemplados na 2ª etapa do 'Projeto Visão', realizado pela deputada federal Jaqueline Cassol (PP-RO) em parceria com o Governo de Rondônia. Nessa etapa, que começou no dia 4 de agosto e foi realizada em Cacoal, mais de 1 mil pacientes foram operados. Os próximos a serem atendidos serão os pacientes que necessitam de cirurgias de pterígio.

"Antes mesmo de ser deputada, quando comecei a andar pelas cidades de Rondônia, percebi que as pessoas estavam perdendo a visão por falta de procedimentos simples. Então decidi que uma das áreas que investiria, seria a recuperação da visão. Essa ação resgata a dignidade e devolve a qualidade de vida", destacou a deputada.

Moradora da cidade de Alto Alegre dos Parecis, Maria José de Oliveira, de 65 anos, descobriu que estava com catarata em 2016. Desde então o problema visual só foi piorando, já que a catarata atingiu os dois olhos. Nesse mutirão ela conseguiu operar e a visão aos poucos está sendo restabelecida.

"Minha recuperação está muito boa. Agradeço a toda equipe da clínica e a deputada Jaqueline Cassol, por estar representando o povo de Rondônia. Peço que ela continue fazendo esse trabalho, olhando sempre para a classe que mais necessita", desejou Maria.

De acordo com o secretário de Estado da Saúde, Fernando Máximo, foram atendidos pacientes de 16 municípios, distribuídos entre as regiões do Café, Zona da Mata e Cone Sul. O secretário também agradeceu a parceria da parlamentar na destinação de recursos para a execução do mutirão.

"Essa ação só foi possível com a união de forças. Ninguém faz nada sozinho. Portas foram abertas pelo Governo e com a emenda da deputada Jaqueline Cassol, conseguimos fazer as cirurgias", disse Máximo.

As pessoas que sofrem com catarata ou pterígio, devem procurar a Unidade Básica de Saúde mais próxima, solicitar uma avaliação médica e aguardar o setor de regulação entrar em contato.

Fonte: 010 - Assessoria

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias