Terça-Feira, 10 de Agosto de 2021 - 09:55 (Geral)

L
LIVRE

Mais de 500 novas placas de sinalização são instaladas na capital

Objetivo do projeto é deixar o trânsito mais seguro para todos


Imprimir página

Em cumprimento à política de segurança e educação da Prefeitura Municipal para o trânsito, foram instaladas 550 novas placas de sinalização de um total de 800 que estão previstas para esta etapa, em 300 pontos de Porto Velho. O investimento é de R$ 640 mil e o objetivo é tornar o trânsito mais seguro na capital.

Conforme o diretor de tráfego da Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transporte (Semtran), João Luiz Sousa, a primeira fase dos trabalhos iniciou no dia 1º de junho e será concluída até o final de agosto. Dezenas de bairros da cidade estão sendo beneficiados com sinalizações em lombadas, faixas de pedestres, cruzamentos e ciclovias, entre outros.

A previsão é que até início de setembro, a Prefeitura inicie a segunda etapa da sinalização da cidade. Desta vez serão investidos mais R$ 1,5 milhão. A meta é sinalizar 1.200 pontos até o final de dezembro deste ano, na cidade e nos distritos, nas duas etapas do projeto.

“Vamos atender locais como o Espaço Alternativo, avenida Raimundo Cantuária e todo o bairro Mariana e São Francisco, entre outros pontos da capital”, disse João Luiz.

Ele acrescentou que somente no bairro São Francisco, mais de 100 placas serão instaladas.

Nesta primeira fase, bairros inteiros como o Cristal da Calama, São Sebastião I, Floresta, Eletronorte e Conceição já foram completamente sinalizados.

OUTROS

Ainda de acordo com diretor da Semtran, todos os pontos a serem sinalizados passam por um processo de estudo de demanda e elaboração de projetos. O trabalho é contínuo e também vai contemplar as principais avenidas com sinalização vertical e horizontal, pontos de ônibus, bolsões para motociclistas e implantação de lâmpadas antes dos cruzamentos que apresentam alto índice de acidentes.

Fonte: 010 - SMC - Superintendência Municipal de Comunica

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias