Segunda-Feira, 26 de Julho de 2021 - 10:18 (Polícia)

16
Não recomendado para menores de 16 anos

Menino de 4 anos morre após ser arremessado durante acidente de trânsito em Guajará-Mirim

O para-choque do carro foi arrancado durante a colisão.


Imprimir página

O motorista Lauro B., de 52 anos, foi preso em flagrante com sintomas de embriaguez alcoólica pela Polícia Militar após o acidente de trânsito e não prestar socorro as quatro vítimas do acidente que ceifou a vida de uma criança de 4 anos, durante a madrugada de domingo, 25, no município de Guajará-Mirim/RO.

De acordo com informações levantadas pela reportagem do jornal, os policiais militares foram acionados por volta de 03h de domingo, na Avenida Campos Sales, entre as Avenidas Dr. Mendonça Lima e Leopoldo de Matos, bairro Tamandaré, para atender um acidente de trânsito. No local uma bicicleta elétrica, de cor preta, era ocupada pela criança Rayan G., de 4 anos, que estava caída ao solo. No local, o garoto recebeu atendimento de uma equipe do Corpo de Bombeiros, sendo conduzido até o Hospital Regional Perpétuo Socorro, porém, o mesmo veio a óbito.

De acordo com a PM, a mãe da criança estava no local juntamente com o filho de 8 anos que sofreu trauma na perna, o outro de 12 anos, irmão da mãe das crianças, também estava junto no momento do acidente e sofreu lesão na perna esquerda.A mãe bastante abalada não informou como teria ocorrido o acidente.

Os policiais constataram que no local do acidente ficou o para-choque da parte dianteira do veículo VW modelo Saveiro, de cor vermelha e o motorista fugiu sem prestar socorro às vítimas. Após algum tempo, enquanto as vítimas do acidente recebiam atendimentos, os policiais localizaram o veículo na Avenida Marcílio Dias, bairro Cristo Rei. 

Uma mulher de 25 anos disse ser proprietária do carro e o teria emprestado por volta de 15h do sábado para Lauro, que tinha como objetivo carregar latinhas para vender e somente naquele momento teria largado o carro em frente à casa dela.

Ainda de acordo com a PM, Lauro apresentava sinais de embriaguez alcoólica tipo: olhos vermelhos, odor etílico no hálito, andar cambaleante e vestes alterada. Ele foi preso e encaminhado a Polícia Judiciária para que providências fossem tomadas.

Até o fechamento desta matéria, a mãe da criança pedia ajuda as autoridades, pois o corpo da criança permaneceu no necrotério do Hospital Regional durante o resto da madrugada e ainda pela manhã aguardava a realização da necropsia e liberação do corpo.

Fonte: 025-o mamore

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias