Quinta-Feira, 22 de Julho de 2021 - 15:13 (Saude)

L
LIVRE

GRIPE - Trabalhadores portuários e motoristas de caminhão são vacinados contra Influenza, em Porto Velho

A medida é o resultado de uma parceria entre a Soph, a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) e uma empresa de navegação.


Imprimir página

Os funcionários da área da administração, operadores e trabalhadores avulsos portuários (TPAs) da Sociedade de Portos e Hidrovias (Soph), do Governo de Rondônia, foram imunizados contra a gripe Influenza (H1N1) na manhã desta quinta-feira (22). A ação também envolveu motoristas de caminhões que circulam na área interna da Soph.

A medida é o resultado de uma parceria entre a Soph, a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) e uma empresa de navegação. Conforme o Ministério da Saúde, os trabalhadores portuários fazem parte dos grupos prioritários da Campanha Nacional de Vacinação Contra Gripe (Influenza) e foram contemplados na terceira fase do calendário.

De acordo com o coordenador da Divisão de Imunização do Programa Extra Muro da Semusa, Valdir Alves do Nascimento, foram disponibilizadas 700 doses para atender os trabalhadores que circulam no poligonal portuário do Porto Público de Porto Velho, área que compreende a Soph e as empresas que atuam dentro do porto público.

“Algumas destas doses foram enviadas ao Porto Chuelo para contemplar os funcionários que atuam diretamente lá. A adesão à campanha é importante sob o ponto de vista que esta é considerada uma das medidas mais eficazes para evitar casos graves e óbitos por gripe. Além disso, a vacinação permitirá, ao longo de 2021, prevenir complicações, óbitos e as suas consequências sobre os serviços de saúde decorrentes da doença. A vacinação contra a gripe (Influenza) também tem como objetivo minimizar a carga da doença, reduzindo os sintomas que podem ser confundidos com os da covid-19”, ressaltou o coordenador.

Segundo a diretora administrativa e financeira da Soph, Elissandra Brasil do Carmo, a vacinação de funcionários está prevista no Plano de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO), que prioriza garantir a saúde do trabalhador em razão da atividade ser considerada essencial. “Este Plano garante a segurança do trabalhador e coincide com a execução da campanha nacional, demonstrando o comprometimento desta empresa pública com o capital humano e a qualidade de vida dos funcionários. Compete à diretoria da Soph disponibilizar este suporte ao funcionário”, afirmou Elissandra.

Fonte: 010 - SECOM - GOV/RO

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias