Quinta-Feira, 08 de Julho de 2021 - 17:17 (Polícia)

10
Não recomendado para menores de 10 anos

Operação policial combate fraude na internet; Tevê de graça atingia mais 17 milhões visualizações

Na casa do suspeito que não teve o nome divulgado, foram apreendidos Notebooks, computadores, celulares e HD’s.


Imprimir página

Numa residência acima de qualquer suspeita, e de localização nobre de Porto Velho (RO), policiais civis prenderam um homem, suspeito de gerenciar um esquema que a Polícia estima ter lucrado pouco mais de R$ 210 mil, em apenas um mês. 

O plano era basicamente fornecer tevê por assinatura de graça para a população mundial por meio da internet. O lucro vinha das visualizações comerciais, aquelas intercaladas na programação digital. Na casa do suspeito que não teve o nome divulgado, foram apreendidos Notebooks, computadores, celulares e HD’s.

Além de Porto Velho, a operação da Polícia Civil que contou com o apoio do Ministério Público Estadual e dos consulados do Reino Unido e dos Estados Unidos aconteceu em mais oito estados.

A Lei de Direitos Autorais, (antiga Lei contra a Pirataria) e em seguida a Lei do Marco Civil na Internet, explica que obter lucro com a prática direto ou indireto, prevista no artigo 184, mesmo que reproduzindo total ou parcialmente, com o intuito de lucro, poderá ter uma pena de reclusão de dois a quatro anos e multa. 

Fonte: NewsRondonia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias