Terça-Feira, 06 de Julho de 2021 - 14:48 (Geral)

L
LIVRE

Após muita luta do Sindicato, bancários e cooperativários finalmente terão prioridade na vacinação contra a covid-19

De acordo com o Ministério, até o final da semana o informe técnico que incluiu a categoria será formalizado com a inclusão dos bancários e dos trabalhadores dos Correios.


Imprimir página

O Ministério da Saúde informou no início da tarde desta terça-feira (6/7) a inclusão da categoria bancária entre as prioritárias no Plano Nacional de Imunização (PNI) contra a Covid-19. O anúncio foi feito pelo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, em reunião entre os representantes nacionais dos bancários. De acordo com o Ministério, até o final da semana o informe técnico que incluiu a categoria será formalizado com a inclusão dos bancários e dos trabalhadores dos Correios.

O Ministério receberá as informações da distribuição da categoria pelos estados para a encaminhar as doses de vacina para serem aplicadas nos postos e unidades de saúde de cada local, a partir da semana que vem.

Desde o final do ano passado, o Comando Nacional dos Bancários (formado pela Contraf-CUT, Federações e sindicatos) se mobiliza para a inclusão da categoria entre as prioridades da vacinação. Em março deste ano, as entidades enviaram ofício para o governo federal cobrando a inclusão e explicando que era grande o risco de contágio no ambiente de trabalho nas agências, tanto para os profissionais que lá trabalham como para a população que utiliza os serviços bancários.

Nesse interim, o Sindicato dos Bancários e Trabalhadores do Ramo Financeiro de Rondônia (SEEB-RO) não mediu esforços para assegurar a inclusão dos bancários no PNI e nas campanhas estaduais e municipais de vacinação. Só que além dos bancários, o SEEB-RO também lutou bravamente pelos funcionários de cooperativas de crédito, que respondem por uma significativa parcela de trabalhadores do ramo financeiro que, assim como os bancários, também não pararam de atender ao público em nenhum momento desde o início da pandemia, e que também merecem esta prioridade para assegurar sua saúde e vidas.

“Foram vários os meses em que o Sindicato promoveu atos públicos, carreata, manifestos dentro e fora das agências e cooperativas, sempre cobrando, seja por documentos oficiais ou por contato pessoal, secretários municipais de saúde, prefeitos, parlamentares das Câmaras Municipais de Vereadores, Assembleia Legislativa do Estado, Câmara Federal e Senado Federal, sem nunca recuar um segundo sequer na luta para salvar vidas e impedir que mais bancários tenham suas vidas abreviadas por esta doença, como, infelizmente, já aconteceu com alguns colegas e pessoas queridas por nós. É um momento de muita alegria para os bancários, que traz esperança para todos estes trabalhadores e seus familiares, assim como para os trabalhadores das cooperativas de crédito, que recentemente receberam a garantia de Fernando Máximo, Secretário Estadual de Saúde (Sesau) de que eles também já estarão garantidos na prioridade da vacinação em Rondônia”, destacou José Toscano, presidente em exercício do SEEB-RO.

“Essa é uma vitória que confirma que somente com a união, a participação e a mobilização de todos é que podemos ter sucesso em nossas reivindicações. Foi uma luta árdua, e nesse período sofremos com a doença, e perdemos colegas de profissão, amigos e pessoas queridas, e finalmente poderemos nos dar o benefício de ter alguma esperança para nós, trabalhadores, e nossas famílias. Estão de parabéns, todos os bancários e cooperativários que estiveram a todo momento nesta luta tão dura para pela nossa vida e pelas vidas de quem amamos”, avaliou Ivone Colombo, presidente do Sindicato.

Fonte: 010 - RONDINELI GONZALEZ - DRT 00700 - Assessor de

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias