Sexta-Feira, 25 de Junho de 2021 - 17:55 (Coronavírus)

L
LIVRE

Estabelecimentos que realizam teste de Covid-19 são fiscalizados

Objetivo é fazer com que as notificações de resultados positivos integrem o sistema


Imprimir página

A Prefeitura de Porto Velho está identificando quantos estabelecimentos realizam testes para detectar a Covid-19. O levantamento é feito para que os responsáveis sejam orientados a fazer corretamente as notificações em casos de resultados positivos. O trabalho é realizado pelo Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa).

Segundo Sid Orleans, coordenador do Centro de Informações Estratégicas da Vigilância em Saúde (Cievs), a ação auxilia no trabalho da Semusa: “Descobrindo os casos que ficariam no anonimato, principalmente os assintomáticos, temos como fazer o controle da transmissão da Covid-19 através da orientação e tratamento das pessoas infectadas”, explica.

A fiscalização começou no último dia 9 de junho e a previsão é que siga durante todo o mês de julho.

ESTRATÉGIA

Os locais fiscalizados são farmácias, drogarias e laboratórios que realizam o teste rápido ou mesmo o RT-PCR, no caso laboratórios particulares e que não fazem a devida notificação dos resultados positivos.

Segundo Orleans, este trabalho de vigilância evita as subnotificações de casos no município.

Até o momento, 39 estabelecimentos foram visitados pela fiscalização. Todos foram notificados e foi dado um prazo de 48 horas para que sejam feitas as adequações, como realizar o cadastro e gerar a notificação no sistema e-SUS do Ministério da Saúde de todos os pacientes que realizaram exames para diagnóstico de Covid-19.

Aproximadamente 50% dos estabelecimentos visitados até agora apresentaram irregularidades, já que o prazo para notificação de uma emergência em saúde pública, como é o caso da Covid-19, é de 24 horas.

Fonte: Prefeitura de Porto Velho

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias