Sexta-Feira, 25 de Junho de 2021 - 09:11 (Tecnologia)

L
LIVRE

Microsoft apresenta Windows 11 com novo visual e menu Iniciar centralizado

Na primeira grande reformulação do sistema desde 2015, companhia também anunciou que o sistema será compatível com aplicativos de Android.


Imprimir página

A Microsoft apresentou nesta quinta-feira (24) o Windows 11, a nova versão do seu sistema operacional para computadores. Sem revelar uma data específica para o lançamento, a empresa indicou que a atualização chegará no final do ano.

O sistema ganhou um novo menu "Iniciar", que mudou a interface dos atalhos fixados e deu mais destaque para programas e arquivos recomendados.

A barra de tarefas, que exibe atalhos na parte inferior da tela, passou a centralizar os botões do menu Iniciar e dos programas destacados. A mudança era esperada no Windows 10X, projeto da Microsoft para dispositivos com duas telas que não chegou a sair do papel.

O atalho do Microsoft Teams na barra de tarefas foi aprimorado e passou a permitir iniciar chamadas e enviar mensagens rapidamente. O ícone também adotou uma lista com alguns contatos para garantir uma comunicação mais ágil.

Microsoft encerrará suporte para Windows 10 em 2025

Algumas das informações que hoje são encontradas no menu Iniciar foram movidas para o que a Microsoft chamou de Widgets. A área exibe destaques de notícias, previsão do tempo, mapas, entre outros.

O Windows 11 ganhou com um recurso para quem deseja exibir várias janelas ao mesmo tempo. Batizado de Snap Layouts, ele oferece opções para destacar até três aplicativos simultaneamente.

Confira outras novidades do sistema:

a Windows Store, loja de apps do sistema, foi redesenhada;

será possível baixar aplicativos do Android, como TikTok e Instagram, para rodar no PC;

o sistema ganhou um aplicativo do Xbox.

Quando o Windows 11 será liberado?

A Microsoft não revelou a data de lançamento do Windows 11 e indicou apenas que ele será liberado no final do ano. A empresa confirmou que usuários do Windows 10 poderão atualizar gratuitamente para a nova geração do sistema operacional.

O novo produto chega em um bom momento para a Microsoft, que atingiu US$ 2 trilhões em valor de mercado nesta semana – é a segunda empresa de capital aberto dos EUA a chegar a essa marca, depois da Apple.

O Windows é uma das maiores plataformas do mundo da tecnologia, com o segmento de computação pessoal da Microsoft respondendo por US$ 48,2 bilhões de seus US$ 143 bilhões em receita no último ano fiscal.

Como fica o Windows 10?

O Windows 10 atualmente tem 1,3 bilhão de usuários. De acordo com a empresa de pesquisa de mercado IDC, o sistema da Microsoft possui uma fatia de 80% do mercado de laptops e PCs.

A companhia informou que o suporte a essa versão será encerrado em 14 de outubro de 2025. A data, válida para as versões Home e Pro do sistema operacional, apareceu em uma página no site da empresa.

Com a decisão, o Windows 10 garantirá atualizações por 10 anos. Caso siga seus antecessores, após esse período, o sistema não ganhará novos recursos e só deverá receber atualizações de segurança em casos muito graves.

Fonte: 20 - Por G1

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias