Quarta-Feira, 09 de Junho de 2021 - 16:22 (Coronavírus)

L
LIVRE

Consórcio Brasil Central adia reunião e vai decidir nesta quinta-feira sobre vacina russa

A reunião marcada para ocorrer ontem (08) foi adiada.


Imprimir página

O governador Marcos Rocha (Sem Partido) juntamente com os governadores de Goiás (GO), Distrito Federal (DF), Maranhão (MA), Mato Grosso (MT), Mato Grosso do Sul (MS) e Tocantins (TO) vão receber, nesta quinta-feira (10), um relatório do Conselho de Administração do Consórcio Brasil Central (BrC) sobre as condicionantes para a aquisição da vacina russa Sputinik-V. A reunião marcada para ocorrer ontem (08) foi adiada.

Na audiência, o Conselho do BrC vai avaliar a possibilidade da adesão ao Fundo Soberano Russo para comprar o imunizante Sputinik-V. Governos e Secretários de Saúde dos estados consorciados terão um prazo para analisar os critérios e obrigações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) sobre a aquisição.

Na última sexta-feira (04), a ANVISA abriu “precedentes” para que os governos do nordeste façam a compra diretamente com os fabricantes dos imunizantes, tanto russo quanto da Índia (Covaxin).

Vale lembrar que o Consórcio adiantou os trâmites e já protocolou junto à Agência Nacional novo pedido para que o BrC tenha direito à importação, distribuição e uso do imunizante. O vice-governador do DF, Paco Britto (Avante) disse em entrevista durante a semana, que o BrC tem intenção de adquirir, em caráter temporário, 28 milhões de doses da vacina da Rússia.

Fonte: Assessoria

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias