Sexta-Feira, 23 de Abril de 2021 - 11:17 (Polícia)

12
Não recomendado para menores de 12 anos

Polícia prende suspeito de torturar e matar homem só por ele ser de bairro dominado por quadrilha rival

Crime em Itaboraí foi filmado pelos autores; dois suspeitos estão foragidos.


Imprimir página

Quatro meses após sentenciar à morte um morador de Itaboraí, Região Metropolitana do Rio, segundo a polícia por simplesmente por passar por um bairro dominado por criminosos rivais, Luiz H.foi preso, na noite de quarta-feira (21), pela Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSG).

De acordo com a investigação, Oliveira e outros dois suspeitos, que seguem foragidos, espancaram Alberto Magalhães Mourão até a morte porque a vítima morava em outra localidade – dominada por outra organização criminosa.

Alberto, que era do bairro Joaquim Oliveira, foi abordado por traficantes quando passava por Três Pontes. Como vive em uma região dominada por milicianos, a vítima passou a ser questionada sobre sua presença no local.

Foi iniciada, então, uma sessão de tortura, que foi toda filmada. De acordo com a polícia, os traficantes acredivam que Alberto seria um informante da milícia. O crime ocorreu em 17 de dezembro de 2020.

De acordo com a Delegacia de Homicídios, Luiz , Lucas L. e Savio A. ainda enterraram o corpo da vítima, que só foi encontrado cerca de uma semana após o crime.

A DHNSG pede à população que colabore com informações através do Disque Denúncia – (21) 2253-1177 – ou pelo WhatsApp da delegacia – (21) 99820-5492. O anonimato é garantido.

Fonte: 20 - Por Felipe Freire, TV Globo

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias