Segunda-Feira, 22 de Fevereiro de 2021 - 16:56 (Colaboradores)

L
LIVRE

Expedito Júnior pode retornar ao cargo de senador - Por Anderson Nascimento

A época, o TRE-RO, pela segunda vez, cassou o mandato do senador, por compra de votos e abuso de poder econômico


Imprimir página

“Se a Corte chancelar essa sem-vergonhice corre-se o risco do descrédito junto à população”. Essas foram as últimas palavras, há uma década atrás, que o procurador regional eleitoral, Reginaldo Pereira da Trindade, soprou aos quatros ventos, antes do Ministério Público Federal anunciar a seguinte matéria: Cassado mandato do senador Expedito Junior, de Rondônia.

A época, o TRE-RO, pela segunda vez, cassou o mandato do senador, por compra de votos e abuso de poder econômico. Enfim, o tempo passou e segundo fontes vindas do interior do estado, o tucano deve deixar o PSDB e se filiar no PSD, partido ao qual, seu filho é deputado federal.

Ao que tudo indica, o ex-senador, ficou muito tempo fora das fileiras de frente, e teria perdido dentro do partido favoritismo, de permanecer, e novamente concorrer as eleições como senador da república.

Em 2018, Júnior concorreu as eleições para governo do estado e chegou a ir para o segundo turno com 269.032 votos, perdendo para o candidato do PSL, Coronel Marcos Rocha, que ganhou as eleições com mais de 530 mil votos.

É notório que o nome, Expedito Júnior, ainda não está totalmente apagado em Rondônia, e a mudança de partido, pode ser uma tática infalível, e podemos sim, embora todas as polêmicas envolvidas, Expedito, pode novamente retornar ao cargo de senador. Isso é claro, se a população permitir, e não haver maracutaia no trajeto.

Fonte: NewsRondonia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias