Segunda-Feira, 11 de Janeiro de 2021 - 15:44 (Polícia)

10
Não recomendado para menores de 10 anos

'Era abusado sexualmente', alega suspeito de matar o tio a pauladas - VÍDEO

Por enquanto o principal suspeito é o sobrinho de Edes, Júnior L.L, de 19 anos.


Imprimir página

A morte do empresário Edes Lourenço da Luz, 41 anos ainda não teve um desfecho final, como espera os investigadores da Delegacia Especializada de Crimes Contra a Vida (DECCV) de Porto Velho.

Veja também:
IDENTIFICADO: Empresário é morto e enterrado em cova - VEJA VÍDEO
Polícia civil age rápido e prende dois suspeitos de terem matado empresário e enterrado em cova rasa

Mas as investigações avançaram, com a descoberta do corpo, na ultima sexta-feira (8). A vítima estava enterrada em uma cova rasa, da própria empresa de reciclagem, localizada na Avenida Rio de Janeiro, no Bairro Nova Porto Velho.

Por enquanto o principal suspeito é o sobrinho de Edes, Júnior L.L, de 19 anos. O rapaz foi detido em um hotel no sábado (9), na Avenida Alexandre Guimarães, bem próximo da cena do crime. Durante a prisão, o homem chegou a dizer para os policiais que era abusado sexualmente pela vítima.

Os investigadores da Delegacia de Homicídios acreditam que a tese pode ser um álibi, na tentativa de escapar da acusação de latrocínio. A polícia também já sabe que Júnior não cometeu o crime sozinho, e que contou com a ajuda de outras pessoas que estão sendo procuradas.

Os investigadores não descartam que o crime pode ter sido premeditado, já que a cova em que a vítima estava havia sido aberta a mando do suspeito.

Edes Lourenço da Luz foi dado como desaparecido na última terça-feira (5). Dois dias após, uma denuncia levou a Polícia até a empresa de reciclagem dele. O empresário era natural de Maringá no Paraná.

Fonte: NewsRondonia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias