Sabado, 09 de Janeiro de 2021 - 08:35 (Coronavírus)

L
LIVRE

CORONAVÍRUS - Governo anuncia previsão da chegada de 68 mil doses de vacinas contra a Covid-19 em Rondônia

No final do ano passado a Sesau anunciou o Plano de Vacinação contra o coronavírus e a aquisição de um milhão e duzentas mil unidades de seringas adquiridas pelo Governo


Imprimir página

O Governo do Estado de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) deu mais um passo à frente ao fortalecimento da rede de combate e enfrentamento à Covid-19, com o anúncio da previsão de chegada de 68 mil doses de vacinas, disponibilizadas pelo Ministério da Saúde até o fim deste mês. A notícia foi dada pelo secretário da Sesau, Fernando Máximo, durante coletiva de imprensa realizada na tarde desta sexta-feira (8).

Segundo Máximo, Rondônia vai receber 51 mil doses da vacina do tipo Sinovac e 17 mil da Astrazeneca/Oxford, produzidas pelo Instituto Butantan e Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) respectivamente.

No final do ano passado a Sesau anunciou o Plano de Vacinação contra o coronavírus e a aquisição de  um milhão e duzentas mil unidades de seringas adquiridas pelo Governo, o que coloca Rondônia no ranking de estados com o maior estoque de seringas do país.

Durante a coletiva o secretário de Saúde destacou que antes do início da pandemia, o Governo de Rondônia já buscava tratativas com o Ministério da Saúde e demais órgãos, a fim de diminuir os impactos e contaminações causadas pela doença.

“Rondônia tem sido destaque no cenário nacional por se antecipar frente à pandemia. Estamos atuando de forma rápida para diminuir os casos”, ressaltou o secretário.

O vice-governador José Jodan participou da coletiva e alertou sobre o número crescente de casos que já ultrapassam a casa dos 100 mil. “A cada dia temos visto os casos de óbitos em Rondônia. Isso muito nos entristece, pois estamos buscando de todas as formas combater a disseminação do vírus”, lamentou o vice-governador.

O secretário de saúde, abordou ainda as tratativas e alinhamento junto ao Ministério da Saúde para a chegada das vacinas. “Estamos em constante contato com os órgãos federais, e estamos preparados para receber as vacinas. Temos uma das melhores redes de frio do país para o armazenamento das doses”, concluiu.

Fonte: 010 - SECOM - GOV/RO

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias