Quinta-Feira, 17 de Dezembro de 2020 - 12:59 (Polícia)

10
Não recomendado para menores de 10 anos

Radiopatrulha da PM estoura boca de fumo, prende suspeitos, apreende drogas e mais de R$ 2 mil

Infratores vendiam drogas na frente de criança de 07 anos de idade


Imprimir página

A ocorrência foi registrada na manhã desta quarta-feira, 16 de Dezembro, após abordagem a um suspeito na rua Boa Vista, no bairro Embratel, setor 06, em Vilhena.

Os militares realizavam patrulhamento pela localidade quando avistaram o infrator a bordo de uma motocicleta Honda CG150 Titan de cor preto e placa de Vilhena/RO, sendo que este, ao perceber a presença policial agiu de forma estranha tentando esconder o rosto.

Com isso, os policiais  militares abordaram o infrator e o identificaram como sendo E. C. A, de 20 anos, com o qual foram encontrados no bolso de sua calça um involucro de entorpecente  de maconha pesando aproximadamente 103 gramas e um aparelho celular marca Samsung, modelo A1, de cor preto e o valor R$ 5,25.

O infrator Eduardo afirmou ainda não possuir Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e não portava os documentos da motocicleta; sendo que ao ser questionado sobre a propriedade das drogas. este relatou ter comprado de E. R. N, de 23 anos,  e do menor G. R. de M. S, 17 anos, mas não quis informar o endereço e nem quanto pagou, tendo declarado que o motivo da quantidade de drogas ser grande para apenas um usuário, era porque iria dividir com amigos.

Como os militares já haviam tido informações de que os acusados delatados por E. C. A residiam em uma casa localizada na avenida Cláudio Coutinho no bairro 5ºBEC onde havia o intenso comércio de entorpecentes, os militares se deslocaram ao local após prenderem o motociclista e apreenderem a motocicleta.

Ao chegarem no endereço, os policiais prenderam E. R. N e  H. S. S, de 25 anos, além de deterem o menor G. R de M. S e encontraram no local uma criança de 07 anos, irmã de G. R de M. S, sendo que os envolvidos traficavam drogas na frente da criança.

Questionada sobre sua presença no local, H. S. S declarou ser usuária de drogas e ter ido ao endereço e comprado um invólucro de maconha pelo valor de R$ 20,00. Com ela, além da droga os militares apreenderam um celular Samsung A1 de cor azul e a chave de um carro.

Na residência, durante revista, foram encontrados no sofá cinco invólucros pequenos de maconha e na gaveta de uma cômoda em um dos quartos, mais doze invólucros pequenos e um invólucro grande em um plástico verde contendo maconha, totalizando 18 invólucros com aproximadamente 127,4 gramas, além de uma pedra grande de entorpecente tipo “crack”, pesando aproximadamente 16,6 gramas e um invólucro de cocaína pesando aproximadamente 2 gramas.

Ainda no local, os militares localizaram e apreenderam o valor de R$2.240,50 proveniente da venda da droga, uma máquina cartão magnético do Mercado Pago, marca Point H, uma balança pequena de precisão de cor prata, uma bateria externa de cor branco, marca Hmaston, quatro aparelhos celulares diversos sem procedência, uma câmera wifi, marca IT blue e uma bolsa de cor marron, pendurada na parede com um tablete de maconha pesando aproximadamente 405 gramas.

Contabilizando-se as drogas encontradas na residência, totalizou a quantia aproximada de 532,4 gramas de maconha, configurando-se o intenso tráfico de drogas no local.

Questionados sobre a origem das drogas e de quem haviam comprado para traficarem em Vilhena, nenhum dos envolvidos quiseram declarar, tendo estes permanecido calados.

Diante dos fatos, os envolvidos foram presos e conduzidos para Unidade Integrada de Segurança Pública (UNISP) onde devem prestar esclarecimentos ao delegado de plantão, sendo que cada um deverá ser indicado pelo crime práticado, conforme melhor entendimento do delegado quanto ao tráfico de drogas.

O Conselho Tutelar foi acionado e a garota de apenas 07 anos ficou sob a tutela do Estado até que os fatos sejam esclarecidos e algum familiar possa receber a guarda da mesma.

Fonte: 010 - rotapolicialnews

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias