Sexta-Feira, 16 de Outubro de 2020 - 20:15 (Saude)

L
LIVRE

Álcool em gel em bebês: tudo o que você precisa saber para proteger seu pequeno

Por isso, a escolha de alternativas mais suaves é a mais indicada.


Imprimir página

A limpeza das mãos infantis é um assunto que desperta a atenção das mães e pais, sobretudo dos que têm bebês pequenos em casa. Após a chegada da pandemia do novo coronavírus, a cautela com este quesito aumentou, despertando também algumas dúvidas sobre a melhor forma de manter a higiene adequada das crianças pequenas e dos bebês, que inevitavelmente sempre levam as mãozinhas às mucosas: boca, nariz e olhos.

A lavagem simples das mãos com água e sabão já ajuda muito a reduzir a presença e o poder de contaminação dos microrganismos nocivos à saúde humana. Porém, muito se tem falado da necessidade do uso do álcool em gel para complementar a limpeza da pele. Mas e as mãos infantis? Como ficam nesse processo? 

Alternativas mais suaves e com grande eficácia

O uso do álcool em gel em mãos de bebês não é proibido, mas se não for feito da maneira adequada pode causar alguns efeitos colaterais, que podem ir do ressecamento da pele a queimaduras. Por isso, a escolha de alternativas mais suaves é a mais indicada. 

O sabonete antisséptico é uma dessas alternativas, no entanto também é preciso observar se a formulação é adequada à pele infantil. A Aya Tech, empresa brasileira 100% especializada em nanotecnologia, criou uma linha de produtos antissépticos totalmente livre de álcool na formulação, chamada GY. A linha utiliza como componente principal o óleo de melaleuca, que possui propriedades anti-inflamatórias e cicatrizantes e é um antisséptico poderoso e eficaz contra bactérias, vírus* e fungos*.

"A ideia foi criar produtos que pudessem ser utilizados por toda a família, dos recém-nascidos aos adultos, de forma segura", explica Fernanda Checchinato, CEO da Aya Tech. Além do sabonete, a linha GY conta também com spray e gel, complementando as opções de assepsia delicada e eficaz. Os produtos são aprovados pela ANVISA, têm duração de 6 horas e são eficientes contra o coronavírus.  

Saiba como realizar com eficácia a higiene constante das mãos dos bebês:

  • Umedeça bem as mãos antes de aplicar o sabonete antisséptico;
  • Faça bastante espuma e esfregue com delicadeza no dorso, palma, laterais, pontas e entre os dedinhos, por pelo menos 20 segundos;
  • Enxágue bem e seque com uma toalha macia limpa ou com papel toalha;
  • Se estiver na rua ou em um local em que não seja possível higienizar as mãos com água e sabão, use gel ou spray, preferencialmente sem álcool na formulação.

Fonte: Assessoria

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias