Sexta-Feira, 28 de Agosto de 2020 - 11:32 (Cidades)

L
LIVRE

MANUTENÇÃO - Ponte sobre o rio Colorado na RO-135 é recuperada entre distritos de Alta Floresta do Oeste e Alto Alegre dos Parecis

Ezequiel Cassol, residente da 5ª Residência Regional do DER e responsável pela execução dos serviços, destacou que foram levantadas as vigas, refeitas as cabeceiras da ponte e substituídas as pranchas.


Imprimir página

Trabalhando diariamente para garantir o fluxo da produção rural e atender a população com trafegabilidade segura, o Governo de Rondônia, por meio do Departamento Estadual de Estradas de Rodagem e Transportes (DER), recuperou a ponte de madeira sobre o rio Colorado, na Rodovia 135, entre Izidrolândia (distrito de Alta Floresta do Oeste) e São Luiz (distrito de Alto Alegre dos Parecis).

Ezequiel Cassol, residente da 5ª Residência Regional do DER e responsável pela execução dos serviços, destacou que foram levantadas as vigas, refeitas as cabeceiras da ponte e substituídas as pranchas. “As manutenções nas pontes de madeira são essenciais para a segurança da população que utilizam as rodovias estaduais no dia a dia. Além disso, o escoamento da produção agrícola depende de pontes em perfeitas condições. Vale destacar que essa é uma determinação do governador, coronel Marcos Rocha, e do diretor-geral, Elias Rezende, e os trabalhos só são possíveis graças ao empenho dos servidores do DER, que se dedicam para executarem um serviço de qualidade”, pontuou.

O diretor-geral, Elias Rezende, reforçou a ideia e o projeto de substituição de pontes e pontilhões por pontes de aço e concreto. “Precisamos inovar buscar tecnologias que beneficiem a população. As pontes de aço e concreto vem para acelerar a substituição das pontes de madeira. Uma ponte de concreto demorava em torno de dois a três anos para ficar pronta, hoje a ponte de aço e concreto fica pronta entre 45 e 60 dias, diminuindo tempo e gastos de recursos públicos”, finalizou.

Texto: Ricardo Barros
Fotos: Crejo Martins Pereira

Fonte: 010 - SECOM - GOV/RO

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias