Segunda-Feira, 09 de Setembro de 2019 - 16:38 (Colaboradores)

L
LIVRE

POLÍTICA & MURUPI: NÃO CHEGA A SER UMA EXPOVEL, MAS...

Para tocar a feira, o trator Jobson Bandeira dos Santos, que em tempo recorde montou o Arraiá Flor do Maracujá já está em campo para produzir no Parque dos Tanques uma feira possível, no período de 02 a 06 de outubro a Expo-Porto.


Imprimir página

“Toda semana é uma guerra. Mas a gente não pode desistir. Estão deixando a Lava Jato se esfacelar. Está claro que há um movimento nos três Poderes para enfraquecer a Lava Jato.”– Senador Eduardo Girãodo Podemos.

1-Globo, sem querer querendo

A Globo está no olho do furacão. A credibilidade, fruto da opção editorial é contestada todos os dias e o faturamento caiu de forma absurda. O “padrão globo” não é o mesmo e os custos elevados levaram a terceirizar produções e contratar a valor de mercado.

Sete de Setembro a Globo ficou longe dos desfiles, inclusive Brasília e delonge cometeu três erros. Desfile é pauta. Garoto na carona do presidente é notícia. O post do G1 foi preconceituoso,desrespeitoso e ideológico. O “moleque imbecil” era só uma “criança com esperança”. Como a Globo exalta. 

2-Glossário do Léo

“Mourão (s.m.): Esteio ou tronco, em geral grosso e forte, que se utiliza para amarrar o gado ou estender arame de cercas”. Na política o mourão funciona como palanque ou estaca. Ponta firme. Difícil de arrancar, transigir ou mudar. Apropriado para Vice-Presidente, porta-voz de notícias ruins, ministro militar e batedor de pênaltis.

O jeito bonachão esconde o estoicismo e é aí que a porca torce o rabo ou vice versa. Apartado e quieto desde maio quando foi atingido pelo fogo amigo, Mourão vai para o período probatório de cinco dias durante a convalescença do Bolsonaro e depois só Deus sabe.  Mourão tem couro grosso, retaguarda e é pau ferro.

3-Dobrando o aço

Os servidores públicos federais querem ter voz ativa e interferir na reforma administrativa do governo. As principais carreiras querem barrar demissões e cortes de salários com uma Frente Parlamentar Mista com 235 deputados e 6 senadores de 23 partidos. O deputado Israel Batista coordenador do grupo busca garantir uma reforma técnica e não “ideológica”, mas o foco é um reajuste para 2020, não previsto no orçamento. Pelo andar da “mula véia”, a briga vai ser mais difícil que dobrar barra de ferro e do outro lado estão dois contendores de peso: Paulo Guedes e Rodrigo Maia que buscam regras mais rígidas, inclusive com relação à estabilidade.

4-Meio ambiente por inteiro

O projeto do novo marco legal para licenciamento ambiental começa a ser discutido hoje na Câmara. Aliás desde junho o grupo de trabalho tenta um acordo para levar o texto substitutivo à votação, mas a versão do relator, Kim Kataguiri, foi torpedeada por ambientalistas.

O tema porém continua na pauta pois a MP 884 que trata da adesão ao CRA-Cadastro Ambiental Rural prioridade para ruralistas aguarda ser lida para ser votada. O projeto e suas implicações ganham força principalmente pela quadra que atravessa o Brasil com embargos de nações aos nossos produtos e os rapapés e salamaleques por conta das queimadas na Amazônia.

5-Não chega a ser uma Expovel, mas...

Com a desistência da Prefeitura Municipal em promover sua feira agropecuária, o governo do estado esticou o pescoço, contou os caraminguás e resolveu bancar uma feira agora já no mês de outubro com apoio de produtores.

Para tocar a feira, o trator Jobson Bandeira dos Santos, que em tempo recorde montou o Arraiá Flor do Maracujá já está em campo para produzir no Parque dos Tanques uma feira possível, no período de 02 a 06 de outubro a Expo-Porto. Confio no taco dos organizadores e pode ser o começo para algo maior e que faz falta. Vamos nessa!

leoladeia@hotmail.com

Fonte: Leo Ladeia/NewsRondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias