Quinta-Feira, 20 de Dezembro de 2018 - 17:31 (Cidades)

L
LIVRE

PREFEITURA DE CANDEIAS DO JAMARI CUMPRE COM OBRIGAÇÃO E DEPOSITA SEGUNDA PARCELA DO 13º

Primeira parcela foi paga no meio do ano e segunda foi paga no dia em que a lei trabalhista exige.


Imprimir página

A Prefeitura de Candeias do Jamari, por determinação do prefeito Luís Ikenohuchi, cumpriu com sua obrigação, após muito planejamento e organização, e pagou nesta quinta-feira (20), a segunda parcela do 13º salário dos mais de 580 servidores públicos efetivos e comissionados.

A medida vai injetar mais de 600 mil reais na economia da cidade e região, já que a primeira parcela do vencimento obrigatório por lei foi pago na metade de 2018. O total de recursos investidos para pagar o 13º salário ultrapassa a casa dos 1 milhão e 200 mil reais. “Enquanto centenas de prefeituras passam dificuldades, fizemos o nosso dever de casa. Como eu havia falado mês passado, já estávamos nos organizando para fazer esse pagamento. Quando assumi, tínhamos dívidas na casa dos milhões de água, luz, INSS e outras. Fizemos um planejamento e foi possível dar esse alívio aos nossos servidores, que vão passar um Natal tranquilo com suas famílias&rdqu o;, destacou Luís Ikenohuchi.

Dificuldades

No Rio Grande do Sul e no Rio Grande do Norte, o benefício de 2017 ainda não terminou de ser pago, o que significa que o deste ano também vai atrasar.

No Rio de Janeiro, Minas Gerais e em Pernambuco ainda não há datas para o pagamento.

Nos últimos anos, a maioria dos estados e municípios tem enfrentado dificuldades para fechar as contas por causa da crise econômica. Com menos arrecadação e mais gastos com pessoal, atrasos em pagamentos de salários e benefícios tornaram-se comuns em parte deles.

*Texto com informações do G1.

Fonte: 010 - Assessoria

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias