Segunda-Feira, 23 de Maio de 2022 - 20:54 (Agricultura)

L
LIVRE

Dia de Campo sobre revitalização da lavoura cacaueira é promovido pela Emater para capacitar produtores em Cacaulândia

Na safra de 2021, o produtor Gelson Castro foi premiado com o 3º melhor cacau de Rondônia no concurso Concacau.

Autor - Jeferson Almeida

O Dia de Campo sobre revitalização da lavoura cacaueira foi realizado na propriedade de um produtor de cacau, que fica na zona Rural de Cacaulândia, e teve a participação de dezenas de produtores rurais e técnicos. Os agricultores receberam orientações técnicas com temas desde o melhoramento genético até a comercialização do produto, por meio de palestras. 

Promovido pelo Governo do Estado, o evento é coordenado pela Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural – Emater e Secretaria de Estado da Agricultura – Seagri, em parceria com a Prefeitura de Cacaulândia.

Fotos: Matheus Folador

Durante o Dia de Campo, técnicos da Emater, da Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira –  Ceplac, e outras instituições palestraram e promoveram estações em meio a lavoura com oficinas para os produtores rurais sobre os temas: melhoramento genético, sistema agroflorestal, principais pragas e doenças, crédito rural, revitalização da lavoura cacaueira, mercado e comercialização.  

O gerente do escritório local da Emater em Cacaulândia, Henrique Marchi, destacou que o evento é uma oportunidade para se ter acesso às propriedades que são referências na produção, como a do produtor rural, Gelson Castro.

“O Gelson possui uma propriedade com um alqueire de terra e 100% dela consiste no cultivo do cacau seminal. Há cinco anos, nos procurou e disse que estava com a produtividade baixa e que não conseguia cumprir com as despesas mensais, somente com a cultura do cacau. Diante disso, realizamos uma análise de solo para detectar as deficiências e fizemos a correção de solo, a adubação e poda de limpeza. Na safra seguinte, o Gelson conseguiu ter um acréscimo de 180% na sua produção. Hoje podemos dizer que Cacaulândia teve um produtor que fez acima de R$ 50 mil em um alqueire de cacau seminal”, detalhou Henrique Marchi.

Na safra de 2021, o produtor Gelson Castro foi premiado com o 3º melhor cacau de Rondônia no concurso Concacau. O produtor agradeceu todo o apoio recebido para a melhoria da produção e se diz estar muito satisfeito com a mudança desempenhada na propriedade. “Hoje em dia eu me sinto realizado e muito honrado, só pelo fato de ter as condições e conhecimento para produzir o cacau fino”, frisou o produtor. 

O gerente Regional da Emater na região do Vale do Jamari, Matheus Folador, reiterou que o Dia de Campo é uma oportunidade para se ter contato direto com produtores e extensionistas. “Revitalizar e fortalecer a cacauicultura no Vale do Jamari é uma das missões da Emater. O cacau se tornou uma ótima oportunidade de renda dentro das propriedades rurais com um valor muito bom no mercado, com preços atrativos para os cacauicultores”, concluiu.

Fonte: 010 - SECOM - GOV/RO

Link: http://www.newsrondonia.com.br/noticias/dia+de+campo+sobre+revitalizacao+da+lavoura+cacaueira+e+promovido+pela+emater+para+capacitar+produtores+em+cacaulandia/201199

News Rondônia