Quarta-Feira, 22 de Abril de 2020 - 15:49 (Coronavírus)

L
LIVRE

NOTÍCIA BOA: BEBÊ DE MÃE QUE MORREU VÍTIMA DA COVID-19 RECEBE ALTA

O menino já está em casa com o pai e a irmã de 5 anos. A mulher fazia parte do grupo de risco por ser portadora de uma cardiopatia

Hospital de Clínicas Gaspar Vianna (FHCGV), em Belém (PA), publicou uma nota, nessa quarta-feira (22/04), afirmando que o pequeno Pietro recebeu alta na noite dessa terça-feira (21/04), depois de 23 dias internado na UTI Neonatal. O bebê nasceu em parto de emergência, no último dia 30 de março, após a mãe apresentar complicações de Covid-19. Infelizmente, a mulher não resistiu ao vírus.

Pietro já está em casa com o pai e a irmã de 5 anos. “Ele necessitou de manobras de reanimação ao nascer e foi encaminhado para a UTI Neonatal. E ficou intubado por nove dias, recebeu oxigênio, foi medicado com antibióticos e drogas vasoativas no período crítico, ele também apresentou crises convulsivas”, relata a chefe da UTI Neonatal, Andrea Torres.

“O Pietro resistiu bravamente e, depois de 23 dias de internação, vai pra casa sugando bem e sem sinais clínicos e princípio de sequelas”, afirmou a médica.

A mãe do bebê fazia parte do grupo de risco por ser portadora de estenose mitral, que é uma má formação em uma válvula do coração, o que dificulta a circulação de sangue no órgão. A mulher já era paciente da FHCGV e, há nove anos, foi submetida a uma cirurgia de troca de válvula biológica também no hospital.

Césarea de emergência

Com 34 semanas de gravidez, a mulher deu entrada no hospital apresentando um quadro de febre e dispneia. Foi submetida a uma cesárea de emergência, e o bebê levado em seguida para a UTI Neonatal.

Diante dos sintomas apresentados pela paciente, o caso dela foi notificado como suspeito de Covid-19 e a confirmação veio no dia 2 de abril.

Após o resultado, a paciente foi transferida para a Fundação Santa Casa de Misericórdia, hospital de referência para casos do novo coronavírus. Lá o quadro da mãe do bebê evoluiu para dispneia e insuficiência respiratória aguda. A paciente faleceu no dia 11 de abril.

Agradecimentos

Pelas redes sociais, o governador do estado, Helder Barbalho, agradeceu aos profissionais de saúde que cuidaram da mãe e do bebê.

“Gratidão e orgulho da equipe de UTI Neonatal do Hospital de Clínicas Gaspar Vianna. Muita emoção e profunda felicidade em ver a imagem desse bebê. Que Deus proteja seus caminhos. Meus sentimentos aos familiares desta mãe”, escreveu.

Fonte: 015 - Metrópoles

Link: http://www.newsrondonia.com.br/noticias/noticia+boa+bebe+de+mae+que+morreu+vitima+da+covid+19+recebe+alta/150577

News Rondônia