Quarta-Feira, 08 de Abril de 2020 - 08:45 (Coronavírus)

L
LIVRE

DE ACORDO COM MINISTÉRIO, NAS ÚLTIMAS 24 HORAS, FORAM 173 ALTAS CONTRA 114 ÓBITOS POR COVID- 19

A alta considerada pela pasta pode ser de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e de enfermarias.

O secretário-executivo do Ministério da Saúde, João Gabbardo, disse que nas últimas 24 horas houve 173 altashospitalares, contra 114 óbitos nos hospitais do país por Covid-19. Ele explica que a alta pode ser de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e de enfermarias.

- Normamente, o paciente quando está em UTI não vai para casa. Vai para o quarto e depois vai para a residência - afirma Gabbardo.

Ele falou, em coletiva nesta terça-feira, que o país tem 55 mil leitos de UTI e quer instalar mais 30 mil adicionais. Segundo ele, a estrutura será robusta e deve conseguir atender aos casos no pico da epidemia da Covid-19, mas tudo vai depender dos cenários.

- Se tivermos um milhão de casos vai faltar leitos. É difícil responder se o que colocaremos será suficiente. Achamos que sim - disse o secretário-executivo.

Fonte: Renata Mariz e André de Souza / O Globo

Link: http://www.newsrondonia.com.br/noticias/de+acordo+com+ministerio+nas+ultimas+24+horas+foram+173+altas+contra+114+obitos+por+covid+19/149834

News Rondônia