Sexta-Feira, 12 de Maio de 2017 - 11:29 (Colaboradores)

L
LIVRE

O POVO NO SABE O QUE QUER - POR SANTIAGO ROA

O motivo o postar em suas redes sociais, uma forma de prestao de contas, a fiscalizando obras do poder executivo, por exemplo o arrumar uma estrada ou ponte pela Secretaria de Obras.

Olá, voltei aos meus artigos e Blog, para dar a impressão das coisas que cabem a mim.

Convido a todos para curtir a leitura e seja o que Deus quiser.

O título de hoje é sobre um fenômeno que eu não entendo.

Vamos lá...

Em uma cidade do interior de um produtivo estado notamos que: Ao ver o início do ano político em novos mandatos nas esferas executivas e legislativas de diversos municípios, direto se ouve que: Político é tudo igual, político é tudo ladrão, político não quer trabalhar e por aí vai.

Ao notar a chegada de vereadores novos com sangue nos olhos e a manutenção dos que ficaram, creio que pelo fato de mostrar trabalho na legislatura passada, tiveram a resposta honrada com o voto popular, me aparece agora em tempos modernos a reclamação dos mesmos que estão dando satisfação por mídias sociais.

O motivo é o postar em suas redes sociais, uma forma de prestação de contas, a fiscalizando obras do poder executivo, por exemplo o arrumar uma estrada ou ponte pela Secretaria de Obras.

Ora Bolas! Se trabalha são metidos e querem aparecer...

Se não trabalham são tudo aquilo que já citei. O que esse povo quer então, além de sarna para se coçar o doce prazer de ficar dando “azia” em tudo.

Quanto ao poder executivo, repare em outro fenômeno.

Nesse inverno amazônico as chuvas travam toda e qualquer operação de tapa buracos, que é uma baita demanda em várias cidades de Rondônia, e fazer isso é o mesmo de mandar o dinheiro público para o ralo.

Se o povo, por ventura, deu apoio ao chefe do executivo, surgem as explicações como essa. A chuva não deixa e tal...

Agora, se o povo que perdeu seu voto nas eleições não se conforma a primeira coisa que aparece é “bordoada” para tudo que é lado.

Mais uma vez notamos o analfabetismo emocional de consumir, destilar e compreender apenas o que lhe convém e o pior... por puro interesse pessoal!

Até o próximo texto e interajam comigo comentando no Blog, Facebook Santiago Roa Junior,  Page: Santiago Roa, Twitter: santiagoroajunior e Instagram: Santiago Roa Junior. Ufa!

Fonte: Santiago Roa

Link: http://www.newsrondonia.com.br/noticias/o+povo+nao+sabe+o+que+quer+por+santiago+roa/91770

News Rondnia