Segunda-Feira, 25 de Julho de 2016 - 09:20 (Geral)

L
LIVRE

CONFÚCIO E EMMTEC SÃO CRITICADOS POR ESTUDANTES DE PEDAGOGIA DE TODO O BRASIL

O Encontro Nacional dos Estudantes de Pedagogia (ENEPe) é a instância deliberativa máxima da Executiva Nacional dos Estudantes de Pedagogia do País.

movimento estudantil de pedagogia. O encontro foi realizado nos dias 17 a 24 de julho na Universidade Federal de Rondônia, Campus José Ribeiro Filho em Porto Velho e contou com a participação dos estudantes do Curso de Pedagogia de quase todos os Estados da federação. A UNIR sediou esse importante evento destacando a região norte. Participaram do evento estudantes de Pedagogia do Campus de Porto Velho, Guajará Mirim, Ariquemes, Rolim de Moura, Ji-Paraná e Vilhena.

O Encontro Nacional dos Estudantes de Pedagogia (ENEPe) é a instância deliberativa máxima da Executiva Nacional dos Estudantes de Pedagogia do País. Os objetivos deste Encontro são a integração científica, política e cultural, assim como a troca de experiências entre os participantes. O 36º ENEPe discutiu a intensificação dos processos de sucateamento da educação pública, desde a Educação Básica à Superior, bem como as ações de resistência de estudantes, professores e funcionários, em greves em todo o país, lutando em defesa da educação pública, contra os cortes de verbas, privatização e terceirização do ensino público. Dentre as denuncias se destacou o Programa de Educação com Mediação Tecnológica – EMMTEC implantado pelo Governo de Rondônia no Ensino Médio das escolas do campo e da cidade. O EMMITEC tem sido o centro das lutas dos movimentos sociais e sindical de Rondônia que o identificam como precarização do Ensino Médio. Conforme o projeto, o objetivo do EMMTEC é oferecer Ensino Médio às populações de ligares de difícil acesso onde não há possibilidade de oferecer educação presencial, mas, ao contrário, já está implantado em 58 escolas urbanas e 72 escolas rurais de fácil acesso, inclusive em aldeias indígenas. Os estudantes denunciaram o fechamento das escolas do campo e de centenas de salas de aula do Ensino Médio nas escolas urbanas substituindo-as pela educação com mediação tecnológica. O ENEPe  realizou manifestação pelas ruas de Porto Velho contra o EMMTEC e  encerrou-se em  frente ao palácio do Governo de Rondônia.

Fonte: Comissão Científica ENEPe - 2016

Link: http://www.newsrondonia.com.br/noticias/confucio+e+emmtec+sao+criticados+por+estudantes+de+pedagogia+de+todo+o+brasil/77899

News Rondônia