Quarta-Feira, 25 de Maio de 2016 - 14:36 (Agronegocios)

L
LIVRE

EM 26 HECTARES, RONDÔNIA RURAL SHOW DEMONSTRA TÉCNICAS DE PLANTIO DE GRÃOS, AGROECOLOGIA E CRIAÇÃO DE PEIXES

Neste ano, a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater-RO) demonstra o plantio de hortaliças em forma de espiral, que ocupa menos espaço em relação aos tradicionais retangulares.

Sob o sol da manhã de ontem (24), lixeiras plásticas em formato de coração, com apelos familiares, destacavam-se na 5ª Feira Rondônia Rural Show, em Ji-Paraná, ao lado de carretinhas isotérmicas fabricadas pela empresa Motoprático, em Ariquemes, região do Vale do Jamari.

Imagine 26 hectares de terras ocupadas por máquinas, pequenas lavouras, estandes com aulas de culinária e lançamento de produtos do campo. São as vitrines  tecnológicas desta vez distribuídas em grifes: Caminho do Café, Caminho da Carne e Caminho do Leite.

O girassol, as águas e as plantas nas vitrines tecnológicas do Parque de Exposições Hermínio Vitorelli enchem os olhos dos visitantes de emoção.

Neste ano, a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater-RO) demonstra o plantio de hortaliças em forma de espiral, que ocupa menos espaço em relação aos tradicionais retangulares. “Esse modelo oferece mais área para o plantio de hortaliças, facilita a irrigação das plantas, e nele o agricultor se movimenta com maior facilidade”, explicou o coordenador de Agroecologia do Escritório Regional da Emater, em Ji-Paraná, Jurandy Batista de Mesquita.

Durante o evento, que acontece nessa quarta-feira (25) ao sábado (28), alunos da Associação de Pais e Amigos de Excepcionais (Apae) orientam e incentivam as pessoas a respeito do descarte de resíduos domésticos.

A piscicultura consorciada mostra novas técnicas de produção conjunta de peixes, açaí, banana, cacau e até capim. Alevinos criados em tanques de lona suspensos e enterrados recebem essa alimentação. Canteiros de hortaliças domésticas mostram o uso de adubo verde.

Técnicos da Emater e da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) apresentam, em palestras, os avanços da integração lavoura-pecuária-floresta, que é a diversificação, rotação, consorciação ou sucessão das atividades agrícolas e pecuárias dentro da propriedade rural. Isso é feito de modo planejado para se obter um sistema único com benefício para ambas atividades.

O sistema conhecido por ILPF possibilita a exploração econômica do solo durante todo o ano ou, pelo menos, na maior parte dele, favorecendo a custos mais baixos o aumento na oferta de grãos, de fibras, de lã, de carne, de leite e de agroenergia.

MONTAGEM

Mais de 1,5 mil pessoas trabalharam na montagem dos estandes abertos ao público nesta quarta-feira (25). Organizadores estimam negócios de pelo menos R$ 900 milhões. A Rondônia Rural Show é a maior feira da região Norte e está entre as nove maiores do Brasil.

Em 2015, na 4ª edição da feira, o comitê de crédito somou investimentos de R$ 1,5 milhão, liberados pelo Banco do Brasil, Banco da Amazônia (Basa), Banco do Povo, Caixa Econômica Federal (CEF), Cresol, Credisis, Santander (com recursos ABC-BNDES) e HSBC.

Vendas diretas na 4ª Rondônia Rural Show corresponderam ao movimento de agroindústrias, artesanato e à comercialização de bovinos, caprinos e ovelha. Segundo relatório do comitê de crédito, cerca de 100 agroindústrias movimentaram R$ 125,2 mil, o artesanato R$ 105,3 mil e semoventes (bovinos, caprinos e ovinos) R$ 502,5 mil.

Fonte: secom - governo de rondônia

Link: http://www.newsrondonia.com.br/noticias/em+26+hectares+rondonia+rural+show+demonstra+tecnicas+de+plantio+de+graos+agroecologia+e+criacao+de+peixes/75217

News Rondônia