Sexta-Feira, 08 de Outubro de 2021 - 08:22 (Colaboradores)

L
LIVRE

Fim da novela! Bivar oficializa Marcos Rocha como presidente do União Brasil em Rondônia

Tal compromisso foi fechado quando Rocha aceitou voltar ao PSL, semanas atrás.

Martelo batida, prego virado! Um vídeo em que aparecem Marcos Rocha e o deputado federal Luciano Bivar, presidente nacional do novo União Brasil, confirma oficialmente que o partido, no nosso Estado, fica nas mãos do Governador  e do seu grupo político. Num texto curto, Bivar anuncia: "eu queria transmitir aos nossos pesselistas de Rondônia e aos democratas aí de Rondônia, que nesse novo partido, União Brasil, o nosso governador Marcos Rocha, será o legítimo representante e presidente do Diretório, para que a gente consiga congregar todos os valores políticos do Estado de Rondônia!". A gravação foi feita na quarta-feira, depois que se deu a fusão das duas siglas, num encontro histórico em Brasília, onde, aliás, Rocha foi convidado e fez parte da mesa principal. A declaração, simples e objetiva, sem os termos rebuscados que geralmente envolvem anúncios deste tipo, acaba de vez com as informações que percorriam, com intensidade, nos bastidores da política regional, de que não seria Rocha, mas sim o senador Marcos Rogério, seu adversário potencial na disputa pelo Governo em 22, quem ficaria com o comando da nova e poderosa sigla. Os comentários foram intensos, até que o próprio grupo palaciano decidiu abrir o jogo e informar que o acordo com Bivar, o nome que comandaria o União Brasil em nível nacional, já havia sido fechado há bastante tempo. E que as conversas oficializaram o nome de Marcos Rocha para chegar ao comando da nova sigla. Tal compromisso foi fechado quando Rocha aceitou voltar ao PSL, semanas atrás.

Como ficará, agora, a situação política de Marcos Rogério, no cenário estadual? Ele é candidatíssimo ao Palácio Rio Madeira/CPA e junto com seus seguidores, certamente contavam com o comando do União Brasil no Estado, o que ajudaria muito seu projeto político para o ano que vem. Nesse cenário, Rocha e seu grupo não falavam publicamente, mas agiam nos bastidores, em silêncio, para que fossem, ele e sua turma, os ungidos com este poder partidário tão importante, no contexto do cenário de 2022. Com o martelo batido por Bivar, o jovem e atuante senador rondoniense terá que se abrigar em uma nova sigla, para manter seus planos de entrar na corrida pelo Governo. Convites não lhe faltam. Com exceção de dois partidos importantes (o União Brasil, agora sob o comando de Rocha e o PP, dominado pelo grupo de Ivo Cassol, que poderá ser também candidato ao Governo), o leque de opções de Rogério é bastante grande. Em breve se terá mais informações sobre qual caminho o senador seguirá. Rocha, nesse episódio, conseguiu marcar um golaço e sai muito fortalecido. Mas o caminho da reeleição, ele sabe, é longo e tortuoso. O Governador terá que enfrentar ainda muitos desafios, embora esteja otimista, para continuar por mais quatro anos. (Veja o vídeo de Bivar com Rocha, na integra, no link https://youtube.com/shorts/YWWxZ9xu350?feature=share.

IEDA CHAVES VAI SORTEAR MIL BICICLETAS, PELAS REDES SOCIAIS, NO DIA DA CRIANÇA

A festa do Dia das Crianças, na próxima terça-feira, dia 12, ainda não será presencial, porque a pandemia ainda preocupa. Mas, sem dúvida, as crianças porto-velhenses vão acompanhar tudo, mesmo que de longe. Tudo porque elas estarão concorrendo a nada menos do que mil bicicletas. Isso mesmo: a primeira dama da Capital, dona Ieda Chaves, comanda uma grande festa virtual para os pequenos, sorteando nada menos do que mil das tão sonhadas bicicletas. O sorteio será feito a partir da casa de shows Talismã 21 e será transmitido ao vivo pelas redes sociais e também pela Rede TV! Para concorrer, as crianças devem buscar a direção da escola municipal onde estudam, pegar o cupom e aguardar que a sorte lhes sorria. Caso o pequeno não estude em rede municipal, basta se dirigir ao prédio do Relógio, sede da Prefeitura, acompanhado do responsável com os documentos pessoais, para receber seu cupom. A expectativa é que, no Dia das Crianças do ano que vem, a festa já possa ser presencial, com milhares de crianças e seus familiares acompanhando o sorteio, como aconteceu até do início da pandemia.

MONTES E 23 RÉUS NA OPERAÇÃO APOCALIPSE SÃO ABSOLVIDOS NA JUSTIÇA FEDERAL

A Operação Apocalipse ocorreu em 2013. Pelo menos 23 pessoas, incluindo o hoje deputado estadual Jair Montes (ele era vereador à época), foram condenadas tanto em primeira como em segunda instância, já que o Tribunal de Justiça manteve as sentenças de primeiro grau. Agora, tantos anos depois, todos os denunciados foram absolvidos por decisão da 5ª Turma do Superior Tribunal de Justiça. O julgamento confirmou a decisão monocrática que ministro do STJ deu a favor dos acusados. O Ministério Púbico estadual e o Ministério Público Federal recorreram da decisão monocrática, pedindo a confirmação das condenações. O relator manteve seu voto de absolvição, que foi acompanhado por todos os demais ministros, ou seja, a decisão foi por unanimidade. O deputado Jair Montes, hoje presidente regional do partido Avante, sempre clamou por sua inocência. Nesta semana, divulgou nas redes sociais uma foto sua, acompanhada de um curto comentário: "Obrigado meu Deus! Hoje inicio uma nova história".

LAZINHO QUER TERCEIRO MANDATO, MAS NÃO SABE AINDA SE SERÁ CANDIDATO PELO PT

Um dos nomes em destaque na Assembleia Legislativa, o deputado Lazinho da Fetagro, representante de Jaru, vai buscar seu terceiro mandato, no ano que vem. Ele ainda está no PT, partido que ajudou a fundar e onde fez toda a sua carreira, como líder de grupos sociais e parceiro dos pequenos produtores. Lazinho, contudo, pode ficar sem o seu partido do coração, já que representantes de outra ala da sigla, em Rondônia, entraram com uma ação no diretório nacional, pedindo sua expulsão. Lazinho teria entrado em rota de colisão com a poderosa ex-senadora Fátima Cleide, à época em que o PT estava buscando candidaturas para o Governo e outros cargos. Foi por este motivo, aliás, que um dos mais importantes nomes do partido, o ex-prefeito Roberto Sobrinho, deixou o PT, depois de mais de 25 anos de militância, porque também não concordava com as decisões do grupo de Fátima e era aliado de Lazinho. O caso ainda não foi definido, mas Lazinho diz que respeitará qualquer decisão e seguirá seu caminho, em caso de uma eventual punição partidária. O PT, mesmo fragilizado em Rondônia, ainda tem o comando forte de Fátima Cleide. Quem ficar contra ela, pode ter que cair fora da sigla. Sobrinho e Lazinho que o digam!

POLÍTICOS DE LADOS OPOSTOS FALAM A MESMA LINGUAGEM EM DEFESA DA BR 319

Por falar em Lazinho da Fetagro, o que ele, um nome conhecido por suas ideias muito mais à esquerda, tem em comum com Mariana Carvalho, defensora de ideologias totalmente opostas ao petista? Os dois são nomes que têm, cada um de seu modo, defendido, pelas redes sociais e na mídia, o reasfaltamento da BR 319. Nesta semana, ao ser entrevistado no programa Papo de redação, dos Dinossauros do Rádio (Parecis FM, 98.1, de segunda a sexta, meio dia às 14 horas), Lazinho defendeu a obra com unhas e dentes, destacando que ela pode ser realizada com todos os cuidados ambientais, para beneficiar milhões de pessoas que vivem nesta região norte. Pelas redes sociais, principalmente, Mariana também tem se posicionado com veemência sobre a importância da obra. Lazinho, contudo, foi mais fundo: cobrou das bancadas federais de Rondônia, do Amazonas e do Acre, além de outros Estados da região, uma atuação forte, em conjunto, para tentar solucionar de vez todos os empecilhos sem fim, colocados pelas ONGs e por parcerias com órgãos oficiais. A última vez que a obra foi paralisada, foi há poucos dias, quando a Justiça Federal acatou pedido do MPF, proibindo a realização de audiências públicas sobre o reasfaltamento da 319. 

CONSELHO DE MEDICINA REAGE À TENTATIVA DE CRIMINALIZAÇÃO  PELA CPI DO CIRCO

Não será fácil para Renan Calheiros e outros senadores irresponsáveis da CPI do Circo (que eles insistem em chamar de CPI da Pandemia), dobrar o atuante e respeitado Conselho Federal de Medicina, tentando criminalizá-lo, pela defesa irrestrita de que toda a prioridade deve ser dada à relação médico-paciente e que as decisões do profissional devem ser respeitadas. No relatório pré-pronto de Renan Calheiros, uma das decisões é de transformar em investigado o presidente do CFM, o médico Mauro Luiz de Britto Ribeiro. A reação veio logo, numa dura nota oficial. Entre outras coisas, Brito Ribeiro afirma, no texto, que "esta decisão não causa surpresa, diante da narrativa falaciosa adotada pela CPI ao longo de sua existência, transformando a Comissão num palco midiático para embates políticos e ideológicos". Depois de lembrar que desde o início ele seu colocou a disposição da CPI, para prestar todos os esclarecimentos necessários, sem jamais ser chamado, o presidente do CFM afirma que "os membros da CPI deixaram clara sua opção de dar palanque àqueles que mantém um discurso alinhado com determinada visão, distante da realidade enfrentada pelos médicos na linha de frente contra a covid-19, e não dar voz ao Conselho Federal de Medicina (CFM) como representante daqueles que têm dado o máximo na luta contra essa doença, às vezes com o sacrifício de sua própria saúde ou vida".

DEFENSORIA, REGADA A DINHEIRO PÚBLICO RECEBE DURAS CRÍTICAS DE SENADOR RONDONIENSE

Ainda em relação à nota, o presidente Mauro Ribeiro acentua: "mantenho firme minhas convicções em favor da autonomia do médico e do paciente, princípio milenar hipocrático que é pilar da prática da medicina, o qual deve ser defendido - hoje e sempre - sob qualquer circunstância. E foi mais longe: "independentemente do rótulo a mim atribuído, permaneço à disposição do meu País e da medicina, entendendo que não há nada mais libertador do que a ética, a justiça e a verdade". O Conselho tem sido alvo não só de maledicências e ataques da CPI, pela maioria dos seus membros, apenas por questões ideológicas, mas também por organismos aparelhados, movidos a dinheiro público, como a Defensoria Pública da União, que quer que o Conselho Federal de Medicina pague 60 milhões de reais como indenização em relação às mortes por Covid, algo absolutamente doentio. O senador Marcos Rogério, de Rondônia, aliás, divulgou nas redes sociais, um duro comentário sobre essa ideologização contra o CFM, principalmente no caso da Defensoria. O Brasil, decididamente, não é e nunca será um país sério, enquanto não houver indignação nacional, contra quem tenta macular, por questões partidárias e ideológicas, uma entidade como a que reúne e defende milhares e milhares de médicos do nosso país.

JÁ CHEGARAM QUASE 2 MILHÕES E 500 MIL DOSES DE VACINAS, QUASE 1 VEZ E MEIA NOSSA POPULAÇÃO

 

Depois de vários dias, voltaram a ser divulgados boletins oficiais do Ministério da Saúde, Sesau e Agevisa, sobre a situação dos números relacionados com a Covid em Rondônia. A nova forma de publicação, que deveria estar funcionando na última terça-feira, voltou ao ar um dia depois. Nos dias em que os números não foram publicados, registraram-se mais 12 óbitos. O que há de novo é a chegada, nesta quinta-feira,  de mais cerca de 25 mil novas doses de vacinas, enviadas pelo Ministério da Saúde. Com essa nova leva, o total de doses que já chegaram ao Estado atingiu nada menos do que 2 milhões e 451 mil doses. Com isso, apenas para fazer um estudo de possibilidades, este total significa que toda a população rondoniense de cerca de 1 milhão e 750 mil, toda ela, poderia receber a primeira dose, além de sobrar mais de 700 mil vacinas para a aplicação de uma eventual segunda dose. Por enquanto, os números da pandemia continuam em queda e não há registros de rondonienses atingidos pelas novas cepas do vírus. O Boletim 560 da quinta à noite, apontava que apenas 53 pessoas estão internadas em todo o Estado.

PERGUNTINHA

Na sua opinião, as ONGs nacionais e internacionais, o Ministério Público Federal, a Justiça Federal e os muitos interesses envolvidos, permitirão que algum dia a BR 319 seja novamente asfaltada, entre Porto Velho eManaus?

Fonte: 010 - Sérgio Pires

Link: http://www.newsrondonia.com.br/noticias/fim+da+novela+bivar+oficializa+marcos+rocha+como+presidente+do+uniao+brasil+em+rondonia/185432

News Rondônia