Segunda-Feira, 06 de Setembro de 2021 - 14:17 (Geral)

L
LIVRE

CONSCIENTIZAÇÃO: Dados dos Bombeiros mostram que agosto foi o mês com maior registro de atendimentos a ocorrências de incêndios em Cacoal

Em 2021, o 4º Grupamento do Corpo de Bombeiros já atendeu 120 ocorrências de incêndio em Cacoal

Desde o início do período de seca em Rondônia, conhecido como Verão Amazônico, os municípios da região de Cacoal têm enfrentado semanas difíceis por causa das queimadas que se alastram pelo estado. A fumaça tem coberto as cidades e incomodado os cidadãos, trazendo inclusive prejuízos para a saúde. Em Cacoal, por exemplo, o Governo do Estado, por meio do 4º Grupamento do Corpo de Bombeiros Militar (CBMRO), registram focos de incêndio tanto na área rural quanto no perímetro urbano da cidade.

Um relatório divulgado pelo CBMRO, no dia 30 de agosto, mostra que, desde janeiro deste ano, 120 focos de incêndio foram registrados na “Capital do Café”. Mais da metade dos atendimentos realizados pelos bombeiros foram direcionados à área rural. Apenas neste mês de agosto, foram 35 incêndios florestais e 13 no perímetro urbano contabilizados em Cacoal.

Os dados apontam que os casos cresceram de forma acelerada, principalmente a partir de junho, quando houve o registro de 19 incêndios. Em julho, o número chegou a 32 focos e em agosto a 48, entre incêndios urbanos e florestais.

“Esse é um período bem crítico, pois é quando chegamos ao ápice das queimadas. O que a gente tem agora não é mais preventivo, é operacional, é técnico e é combate. Mas os conselhos que a gente pode direcionar a população são os mesmos: ter cuidado com a sua propriedade, fazer os aceiros, terem muito cuidado com o manuseio do fogo. O certo, na realidade, é não usar o fogo, porque muitos incidentes acontecem porque o cidadão perde o controle quando usa fogo”, destacou o comandante do 4º Grupamento do Corpo de Bombeiros em Cacoal, Major BM Moacir de Paula.

Queimadas em Cacoal atingem tanto área urbana quanto a rural

Os aceiros são faixas de segurança ao longo das cercas e também de imóveis, onde a vegetação é completamente eliminada da superfície do solo. A finalidade é prevenir a passagem do fogo para a área de vegetação, evitando-se assim as queimadas ou incêndios.

Atualmente, o 4º Grupamento do Corpo de Bombeiros conta com 104 bombeiros divididos entre a sede do 4ºGBM em Cacoal e os subgrupamentos de Pimenta Bueno, Rolim de Moura e Espigão do Oeste.

Além disso, neste ano, o Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec), realizou um Processo Seletivo para a contratação de bombeiros civis voluntários que irão atuar no combate aos incêndios florestais em todo o Estado.

No âmbito do 4º Grupamento, 10 profissionais, com Curso de Formação de Bombeiro Civil, foram contratados.

PREVENÇÃO

Como tentativa de conscientizar e alertar os cidadãos quanto aos riscos e os diversos problemas acarretados pelos incêndios florestais e urbanos, tanto para humanos, como para os animais e o meio ambiente, o Escritório Regional da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental (Sedam) tem realizado ações pontuais desde abril deste ano na região de Cacoal.

“São diversos pit stops. Também fazemos reuniões e promovemos encontros com grupos e associações do município e da região. Além disso, em agosto, intensificamos ainda mais as ações, com a realização do Acampamento Verde, um projeto do Governo de Rondônia que levou muitos servidores à campo para trabalhar a conscientização da população. Mostrando o quanto os incêndios prejudicam tanto na questão econômica, ambiental e também a saúde, com os dados causados pela fumaça, especialmente para quem já tem algum problema respiratório”, pontuou a gerente da Sedam em Cacoal, Thalitta Costa.

Equipe do Escritório regional da Sedam preparando material para o Acampamento Verde em Cacoal

Texto: Giliane Perin
Fotos: Sargento BM Roberto Elias

Fonte: secom/gov.Ro

Link: http://www.newsrondonia.com.br/noticias/conscientizacao+dados+dos+bombeiros+mostram+que+agosto+foi+o+mes+com+maior+registro+de+atendimentos+a+ocorrencias+de+incendios+em+cacoal/182781

News Rondônia